Comunicação

Turismo Rural

 

 

Turismo Rural


 

 

 

 

Na região de Araraquara existem muitas antigas fazendas de café, que hoje se transformaram em hotéis e restaurantes com estilo comida de fogão a lenha. No distrito de Bueno de Andrada já existe uma associação voltada exclusivamente ao Turismo Rural.

 

NA REGIÃO DE ARARAQUARA EXITEM MUITOS POTENCIAIS NO SEGMENTO DO TURISMO RURAL:

Assentamento Bela Vista do Chibarro

Distrito de Bueno de Andrada

Assentamento Horto de Bueno de Andrada

Assentamento Monte Alegre

  

Assentamento Bela Vista do Chicharro

A Fazenda Bela Vista desde 1875 pertenceu a Antonio Joaquim de Carvalho conhecido como o “Barão do Café” da região e depois ao seu genro Theodoro Dias de Carvalho, foi de grande importância econômica para o município em seu auge de produção de café. Viveu a fase de transição entre escravos e a chegada dos imigrantes italianos na região. Nos anos 20 foi vendida a Pedro Morgantti, que era dono da Usina Tamoio, transformando-a em fazenda de cana-de-açúcar, após a morte de Morgantti em 1.980 foi vendida a Silva Gordo que a perdeu para o Governo em decorrência de dívidas. Em 1.989 se tornou um dos Assentamentos da reforma agrária.

 

AGROVILA

Além dos atrativos acima, existem outros atrativos históricos como o terreiro e o sistema hidráulico de lavagem de grãos, a Capela, o Grupo Escolar.

 

Distrito e Assentamento de Bueno de Andrada

O distrito de Bueno de Andrada, pertencente ao município de Araraquara, foi fundado em 1º de outubro de 1.898 junto com a estação ferroviária “Itaquerê” como o povoado também ficou conhecido. Sua fundação oficial ocorreu em 27 de dezembro de 1.927 e em 1.937 foi promulgada a lei que alteraria seu nome para Bueno de Andrada em homenagem a um engenheiro que trabalhou na linha férrea e era muito querido. Hoje atrai turistas de muitas regiões pelas famosas coxinhas douradas de Bueno, mas que quando chegam se encantam pela beleza rural e pelo povo local.

 

 

  Atrativos

Descrição

ü  Estação Ferroviária

Conhecida como Itaquerê, hoje atrai turistas, dentro funciona uma feira de artesanato.

ü  Capela Sagrado Coração de Jesus

Capela centenária que conta com um altar de mármore trazido de Portugal em 1.912.

 

 

  Atrativos

Descrição

ü  Agrovila

Antigas moradias dos colonos

ü  Vasca

Lavanderia comunitária da época dos colonos

ü  Casarão

Construção do final do sec. XIX, sede da fazenda.

 

ASSENTAMENTO MONTE ALEGRE

A Fazenda Monte Alegre está situada nas divisas dos municípios de Araraquara, Motuca e Matão. As terras da fazenda foram desapropriadas para fins de reforma agrária, vinham sendo usadas para plantio intensivo de eucalipto, primeiramente pela FEPASA (Ferrovia Paulista S.A.) e depois pela CAIC (Companhia Agrícola Imobiliária e Colonizadora), esta última destinando a produção para o setor de papel e celulose. Em 1.985 ocorreu a ocupação da fazenda que já vinha sendo reivindicada pelo movimento social de luta pela terra.