Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 04 / 16 / ‘Prefeitura nos Bairros’ encerra atendimentos no Vale do Sol

‘Prefeitura nos Bairros’ encerra atendimentos no Vale do Sol

População compareceu ao Caic do bairro para resolver pendências com as secretarias municipais; nas ruas, equipes deram outra cara à região, com limpeza, tapa-buracos e sinalização
A dona de casa Solange Modesto, de 56 anos, aproveitou a presença do programa “Prefeitura nos Bairros” no Vale do Sol para, a poucos quarteirões de sua casa, resolver três questões em poucos minutos: solicitar uma poda de árvore, pedir para que uma rua receba a operação tapa-buracos e parcelar um carnê atrasado de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). “Foi ótimo o atendimento. Deu para resolver todas as questões em um lugar só”, disse Solange após ser atendida pelas equipes da Prefeitura no Caic “Ricardo Caramuru de Castro Monteiro”, nesta sexta-feira (13), último dia em que o programa ficou na região. “Aqui estava muito abandonado. Agora, em todo lugar que eu passava estavam arrumando, limpando”, revela.Desde a semana passada, segundo a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, uma média de 30 atendimentos diários (apenas no período da manhã) foram realizados em diversos segmentos: renegociação da dívida da IPTU, inscrições nas Escolinhas de Esportes e Oficinas Culturais, orientações sobre o direito do consumidor e os programas de saúde e de assistência social, entre outros.Simultaneamente, equipes de Obras e Serviços Públicos, Mobilidade Urbana e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) estiveram nos bairros da região e realizaram poda de árvores, renovação na sinalização do sistema viário, operação tapa-buraco, limpeza de bocas de lobo, troca de iluminação, além de outros serviços.O químico Edevaldo Falcão Ferreira, de 36 anos, mora no Jardim Igaçaba e também aprovou a iniciativa. “Eu só tenho a elogiar. Que esse programa seja feito mais vezes durante o ano. Tenho certo receio de ir até a Prefeitura por questão de tempo, então é mais fácil”, diz o químico, que tirou segunda via de um carnê de IPTU.“Eu nunca tinha visto aqui no bairro um movimento tão grande de limpeza e sinalização. Se puder ter esse programa mais vezes, a cidade vai ficar uma beleza”, avalia Edevaldo.