Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 05 / 09 / Segurança Alimentar apresenta balanço quadrimestral

Segurança Alimentar apresenta balanço quadrimestral

Entre as ações, se destacam a doação regular de alimentos às entidades sociais e o processo de educação alimentar permanente
Hortifrutis do programa Agricultura FamiliarA Coordenadoria de Segurança Alimentar, vinculada à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, apresenta um balanço das ações do 1º quadrimestre de 2018, em Araraquara.Entre janeiro e abril, a Coordenadoria arrecadou cerca de 25 toneladas de alimentos junto aos parceiros doadores - dois supermercados de São Carlos, além de um hipermercado e uma rede de hortifrutis de Araraquara. Neste número, também estão computadas as campanhas de arrecadação de alimentos realizadas pelos colégios araraquarenses, Anglo e Progresso.“Esta ação solidária evita o desperdício de alimentos e contribui para uma sociedade mais justa, ajudando quem mais precisa. No entanto, esta doação de alimentos poderia ser muito maior se mais supermercados aderissem ao programa, pois ainda tem muito alimento aproveitável sendo descartado no município”, afirma o coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta.AquisiçãoOutra fonte de doação de alimentos para as entidades e os programas sociais do município é o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), no qual a Coordenadoria de Agricultura realiza a compra desses produtos junto aos agricultores familiares e o Banco Municipal de Alimentos os distribui semanalmente.O PAA-2018 teve início em Araraquara no mês de abril quando foram distribuídas 13 toneladas de alimentos representados por uma grande variedade de frutas, legumes e verduras.No total, a Coordenadoria doou no quadrimestre 38.415,7 quilos de alimentos, repassados para 49 entidades cadastradas no Banco Municipal de Alimentos, que beneficiaram, por mês, mais de três mil pessoas em situação de vulnerabilidade social.Os dados também apontam que entre janeiro e abril foram servidas 110.327 refeições completas, a preços acessíveis, por meio do Restaurante Popular I, Restaurante Popular II e Bom Prato.CapacitaçãoNo tocante às ações de educação alimentar, que é uma das diretrizes prioritárias da Política de Segurança Alimentar, foram realizadas várias ações educativas nos primeiros quatro meses deste ano. Os destaques são os cursos de Padaria Artesanal, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, de Receitas Práticas para Geração de Renda, realizado no Creas Girassol, e o de Auxiliar de Cozinha, no Centro de Ressocialização Feminino.Parceria socialPara Marcelo Mazeta, que considera positivo o primeiro balanço de 2018 da pasta, a meta é ampliar a captação de alimentos junto às empresas visando aumentar o número de pessoas beneficiadas em Araraquara.Para participar dessa parceria social, o telefone com as informações é o 3301-6161, de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h.Marcelo também destaca a importância do PAA, que apresenta um duplo efeito positivo no município: garante renda ao pequeno produtor rural com a comercialização de seus produtos, e, por outro lado, beneficia as pessoas em situação de vulnerabilidade social, que recebem semanalmente os alimentos adquiridos.FortalecimentoMazeta reitera que as principais diretrizes da Coordenadoria de Segurança Alimentar visam o abastecimento das entidades e o fortalecimento dos programas sociais, além do desenvolvimento de processos permanentes de educação alimentar e nutricional.“Tudo para garantir o direito humano a uma alimentação saudável e adequada, com o desenvolvimento de bons hábitos alimentares”, resume.