Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 05 / 10 / Prefeitura inaugura remodelação da praça do Jardim Brasília

Prefeitura inaugura remodelação da praça do Jardim Brasília

Por iniciativa do vereador Edson Hel, o espaço está recebendo o nome de Carmella Vulcano Greicco, antiga moradora do bairro e mãe do vereador Lucas Grecco
A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, inaugura nesta sexta-feira (11), às 19 horas, a remodelação da praça do Jardim Brasília, localizada Ruas Egisto Gandolfi e Geraldo Blum e nas avenidas perpendiculares João Martins Nogueira e Martiniano Prisco dos Santos.A pista de caminhada no entorno da praça está totalmente recuperada, com novo recapeamento asfáltico, aplicado com equipe própria, e um moderno de sistema de iluminação, com tecnologia Led de alto rendimento.De acordo com o gerente de Iluminação Pública, Alex Miranda, foram instalados 19 postes e 42 luminárias por meio do programa “Ilumina Araraquara”.Para o secretário de Obras Públicas, João Bernal, a remodelação da praça é mais uma opção de lazer à comunidade. “Uma obra simples, mas de grande utilidade de lazer para as famílias”, afirmou. As obras no local, inclusive, atendem a uma indicação do vereador Edson Hel (PPS)HomenagemA praça não possuía denominação e, por iniciativa do vereador Edson Hel, que apresentou projeto de lei, o espaço está recebendo o nome de Carmella Vulcano Greicco, antiga moradora do bairro e mãe do vereador Lucas Grecco.Cem por centoA remodelação agradou ao atleta Antônio da Silva, de 53 anos, que treina durante o dia e à noite, dependendo da folga no trabalho de técnico de operações de locomotivas. “Nota 1000. Está ótima. Eu tenho um trabalho educativo e esportivo aqui na praça e todos estão satisfeitos com as melhorias”, contou.Há 35 anos no bairro, o aposentado Idevar Infante, 67, elogiou o moderno sistema de iluminação. “A noite está mais bonita com praça bem iluminada e a ampliou a segurança para nós”, observou. “Está bem mais claro à noite. Parece um dia”, opinou o aposentado Claudinei Costa, 69.