Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 05 / 21 / Campanha do Agasalho pede a doação de mais cobertores

Campanha do Agasalho pede a doação de mais cobertores

Fundo Social reforça apelo a empresas, sindicatos e população em geral por essas peças, por conta de maior demanda na cidade
Com a intensidade do frio dos últimos dias, a Campanha do Agasalho 2018 da Prefeitura, coordenada pelo Fundo Social de Solidariedade,  faz um apelo às empresas, sindicatos e a população em geral, pela doação de mais cobertores.De acordo com a presidente do Fundo Social, Cidinha Silva, a demanda por cobertores está muito grande em Araraquara, o que leva a instituição a reforçar este pedido.“Como Araraquara é muito solidária em todas as nossas campanhas realizadas ao longo do ano, reforçamos o apelo para que agora sejam doados mais cobertores”, afirma Cidinha. "Peças de roupas esquecidas podem fazer muita diferença para um irmão menos favorecido nos dias de frio", reitera.Sob o lema ‘Jogos solidários de inverno: vence quem se doa’, alusivo à Copa do Mundo que começa em 14 de junho na Rússia, a Campanha do Agasalho 2018, lançada no final de março pelo prefeito Edinho, vai até 29 de junho com dezenas de pontos de coleta espalhados pela cidade.“Quem sente frio precisa ter o que vestir e a Campanha do Agasalho estimula a solidariedade humana, estimula as pessoas a se colocarem no lugar das outras”, afirmou o prefeito Edinho durante a solenidade de lançamento, no Paço Municipal.Esta campanha envolve dezenas de parceiros e voluntários e cerca de cem pontos de coleta estão à disposição da população em diversos locais, incluindo a Prefeitura, instituições de ensino e empresas.ReforçoAlém dos postos fixos, duas novidades foram anunciadas este ano para o recolhimento de peças doadas: as viaturas da Polícia Militar e da Guarda Municipal serão pontos ambulantes de coleta, enquanto percorrem a cidade em seus trabalhos cotidianos.Todas as peças arrecadadas são entregues logo na sequência para as entidades sociais repassarem às famílias em situação de vulnerabilidade social no município. A campanha de 2017 arrecadou cerca de 60 mil peças.