Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 06 / 12 / Cláudio Caropreso realiza intervenção no Centro de Artes Judith Lauand

Cláudio Caropreso realiza intervenção no Centro de Artes Judith Lauand

Artista participa do Território da Arte com sua “Gráfica Ordinária”, promovendo oficinas a partir de uma residência artística na Casa da Cultura
 O arquiteto Cláudio Caropreso, um dos artistas convidados da programação do XV Território da Arte de Araraquara, na manhã desta terça-feira, 12 de junho, realizou uma intervenção com lambe-lambe no Centro de Artes e Ofícios Judith Lauand, na Vila Xavier.O artista participa do Território da Arte com sua “Gráfica Ordinária”, promovendo oficinas a partir de uma residência artística na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa. A programação teve início no dia 11 e segue até esta quarta, dia 13.“Gráfica Ordinária” é um projeto de residência de Caropreso, com estímulos extraídos do cotidiano do artista, que pesquisa a estratégia da publicidade, alimentada pela fotografia. A “sedução” e a promessa de satisfação ofertadas, que alimentam o desejo incessante da sociedade contemporânea de ter mais, são questionadas pelo artista. Assim, a ação propagandística dos cartazes e fotografias presentes na paisagem urbana é comentada com ironia em suas gravuras. E com esta faceta que o público poderá conferir o trabalho apresentado no Centro de Artes e Ofícios.Vale lembrar que, durante sua oficina, Caropreso vem abordando o seu processo de produção, passando pela decupagem, colagem, desenho, escultura da matriz e finalmente impressão. Assim, os inscritos acompanham o seu processo artístico.O arquiteto Cláudio Caropreso é pós graduado em Arte Educação e Tecnologias Contemporâneas, pela Universidade de Brasília (2007). Caropreso iniciou a pesquisa com xilogravura em 1998, no Atelie Livre da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, em São José dos Campos SP.No currículo, traz diversas exposições dentro e fora do Brasil, sendo premiado duas por duas vezes no Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba (2004 e 2006) e Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto (2004). Integrou a Representação Brasileira na Bienal Internacional de Gravura de Sarcelles, na França, tendo recebido o prêmio aquisição (2011). Ainda, Caropreso possui obras no acervo na Pinacoteca do Estado de São Paulo e na Biblioteca Mário de Andrade, na cidade de São Paulo.