Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 06 / 26 / Saúde ressalta importância de unidade para região do Victório De Santi

Saúde ressalta importância de unidade para região do Victório De Santi

De acordo com Eliana Honain, além de melhorar qualidade e expandir atendimento à população, modelo atende princípio do SUS

A secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, destacou, nesta segunda-feira (25), a importância da nova Unidade de Saúde que será construída pela Prefeitura no Jardim Victório De Santi, atendendo a uma demanda do Orçamento Participativo daquela região. A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Edinho, na manhã da própria segunda-feira.

De acordo Eliana, a nova unidade, em início de construção numa área de 455 metros quadrados, foi possível graças a uma emenda parlamentar do deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP), com intermediação da vereadora Thainara Faria (PT). Tem custo de R$ 569.244,31 e execução da Cedro Construtora.

“Essa obra do OP nos deixa muito felizes, porque vai atender a uma demanda do bairro, depois de 26 anos, e cuja população atualmente se utiliza da Unidade de Saúde do Jardim Iguatemi”, disse a secretária. Será a primeira unidade de saúde do De Santi desde sua fundação, em 1992.

A nova unidade terá como modelo o Estratégia de Saúde da Família (ESF) que já existem no Iedda e Cruzeiro do Sul. É o modelo visto hoje como a melhor maneira de se fazer a Atenção Básica, pelo envolvimento de toda a equipe de Saúde com a comunidade.

Ainda segundo Eliana, o modelo do ESF vem ao encontro do princípio do SUS, que é o da equidade, ou seja, "dar mais atendimento a quem mais precisa, principalmente à população que vive mais distante da região central da cidade".

Ampliação

Outra importância com a nova unidade: ela vai atender a uma população estimada em 6 mil pessoas, que ao mesmo tempo em que serão atendidas no próprio Victório De Santi, permitirão um espaço maior de atendimento para a população do Iguatemi.

“Ou seja, quem ganha, de fato, é toda a população da região, que terá mais qualidade na assistência, além de mais conforto e menos filas de espera”, enfatizou.

A previsão de conclusão da obra da nova unidade no De Santi é de seis meses, com início de funcionamento entre janeiro e fevereiro do ano que vem, com toda a infraestrura e equipe para atender a população.

Vale destacar que naquela região de Araraquara, já existe a unidade de saúde do Bairro Cecap-Tancredo Neves, além das unidades do Jardim Iedda, Jardim Cruzeiro do Sul e Parque Iguatemi.

Vacina contra gripe

Sobre a baixa adesão à Campanha de Vacinação contra a Influenza ou Gripe, Eliana disse haver maior dificuldade hoje em Araraquara porque as pessoas acham que a vacina não faz efeito, que até quem toma tem gripe e esta não é uma doença grave. “É preciso desmitificar isso, já que uma gripe pode evoluir para sérias complicações para os grupos de risco”, alerta a secretária da Saúde.

“É preciso esclarecer que a vacina é constituída por um grupo de vírus que teve maior incidência no ano anterior ao da aplicação. E que a partir do momento em que se toma a vacina, a gripe será muita mais leve e sem nenhuma complicação”.

A vacinação continuará em Araraquara até o término das doses disponíveis nos postos e, além dos grupos de risco, agora inclui crianças de 6 a dez anos de idade e adultos dos 50 a 59 anos, podendo ser estendida para todas as idades.