Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 06 / 29 / Coordenador reitera exigência por melhorias na rodoviária

Coordenador reitera exigência por melhorias na rodoviária

Segundo Nilson Carneiro, Prefeitura está exercendo o poder de fiscalizar a Concessionária do Terminal de Passageiros
Em entrevista ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’, via TV Web Participativa (na página oficial do Facebook da Prefeitura de Araraquara), na quinta-feira (28), o coordenador de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, reiterou que a Prefeitura está exigindo que a Riera Empreendimentos, empresa concessionária do Terminal Rodoviário de Passageiros de Araraquara, a partir de contrato firmado em 2012, faça mais investimentos no espaço. Nilson assegurou que se a empresa não cumprir o exigido será autuada pela Prefeitura.A Riera, que assumiu em 2012 com um contrato de concessão por 30 anos, terá que apresentar diversas melhorias no local, além do que já investiu desde janeiro do ano passado, após o início do governo Edinho.“Logo que assumimos, lemos o contrato e já na primeira semana de governo marcamos uma reunião com representantes da empresa solicitando muitas coisas que não estavam no próprio contrato. Por exemplo, solicitamos o elevador, que foi colocado na sequência, ligando o mesanino com o piso térreo, onde existem as plataformas de embarque e desembarque de passageiros”.Outras melhoriasNilson Carneiro também reiterou que a Prefeitura pediu a instalação de um gerador de energia elétrica, por conta dos fortes temporais que podem deixar em algum momento o local às escuras. Citou, como exemplo, fato recente no Rio de Janeiro, em que o Terminal Rodoviário ficou sem energia elétrica durante três dias.Além da operação tapa-buraco nos acessos dos ônibus às plataformas, já executada, o coordenador de Mobilidade Urbana afirmou que ainda existem outras coisas que a Concessionária está devendo, como o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, solicitado há um ano e ainda não apresentado.A empresa terá também que implantar o piso podotátil (específico para pessoas com deficiência visual), além de câmeras de TV para monitoramento da Guarda Municipal durante 24 horas, visando mais segurança aos usuários do Terminal, e dos dois vigilantes, que já estão atuando. A Polícia Militar também já circula com mais constância à noite pelo local, além da Guarda Municipal, segundo Carneiro.“Também estamos elaborando um projeto de iluminação pública, junto à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, para as quatro vias do entorno da Rodoviária. A empresa terá que providenciar a poda da arborização nos taludes de acordo com normas de meio ambiente, para que estes locais sejam melhores iluminados”.Paralelamente, a Prefeitura está desenvolvendo um projeto de acessibilidade nesses locais para pessoas com deficiência, com a construção de rampas e sinalização de trânsito.Novas instalações“Apesar de já termos conseguido muitas melhorias que não eram cumpridas no contrato, ainda falta muito para ser feita pela empresa, como modernizar novamente o sistema de banheiros e resolver a questão dos espaços físicos, atualmente vazios”, insistiu Nilson.Para Nilson Carneiro, a instalação de lojas transformaria o Terminal num pólo de atração, oferecendo mais segurança. Atualmente, só existe a movimentação provocada pelo embarque e desembarque de passageiros e pelo restaurante tradicional, há muitos anos instalado.No ‘Canal Direto’, Nilson ainda respondeu a internautas, que pedem a instalação de serviços de som e TV para anúncio de partidas e chegadas dos ônibus, placas de identificação e indicação de locais, além de relógios. “Estamos cobrando todos esses serviços também”, reafirmou.