Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 07 / 24 / Assentados participam de oficina sobre compostagem

Assentados participam de oficina sobre compostagem

Intenção é que os agricultores possam desenvolver a compostagem em seus lotes, dando um destino mais ecológico para seus resíduos
Os agricultores do assentamento Bela Vista participaram nesta sexta-feira (20) de uma oficina sobre compostagem. O curso foi ministrado pelo Instituto Biosistêmico (IBS), em parceria com a Prefeitura de Araraquara, por meio da Coordenadoria de Agricultura e da Diretoria de Gestão Ambiental do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (DAAE) de Araraquara. O principal objetivo do curso foi ensinar a técnica de compostagem para que os assentados possam utilizar em seus lotes.

Para quem não sabe, a compostagem é um processo de transformação de resíduos sólidos orgânicos em adubo orgânico e é considerada uma espécie de reciclagem dos resíduos orgânicos. O adubo gerado no processo pode ser utilizado na agricultura ou em jardins.

De acordo com a coordenadora de Agricultura, Silvani Silva, a ideia é que os agricultores possam desenvolver a compostagem em seus lotes, dando um destino mais ecológico para seus resíduos. “Essa técnica beneficia o meio ambiente, pois evita que resíduos orgânicos sejam descartados de forma irregular. Além de beneficiar os próprios agricultores que podem utilizar o adubo em suas lavouras”.

Silvani destaca que teremos outros cursos na área de agricultura sustentável para os assentamentos ainda este ano. “O próximo curso deve ser sobre Minhocário, uma técnica que utiliza minhocas para acelerar a compostagem”, concluiu a coordenadora.

O Daae forneceu os resíduos de capina da cidade para serem utilizados na oficina. Segundo o diretor de Gestão Ambiental do Daae, Helton Galvão, a autarquia deve continuar fornecendo esses resíduos para os agricultores do assentamento, "Essa parceria acaba sendo benéfica para os dois lados. O Daae consegue dar uma destinação mais ecológica para esses resíduos e os assentados são beneficiados com o adubo produzido", finalizou o diretor.