Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 10 / 04 / Projeto leva árvores frutíferas para a população dos bairros de Araraquara

Projeto leva árvores frutíferas para a população dos bairros de Araraquara

‘Nosso Pomar’, idealizado pela vereadora Thainara Faria (PT) e com apoio da Prefeitura, tem objetivo de permitir aos moradores o acesso a frutas em locais com maior vulnerabilidade social
 A Prefeitura, o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) e o mandato da vereadora Thainara Faria (PT) lançaram na manhã desta quinta-feira (4), no Residencial Valle Verde, o projeto “Nosso Pomar”.Essa iniciativa foi idealizada pela vereadora junto com a nutricionista Carolina Mendes e com o Fundo Social de Solidariedade, com apoio do Daae e de secretarias da Prefeitura, a partir da situação de vulnerabilidade de alguns bairros em que crianças não têm acesso a uma alimentação saudável.O projeto estimula o plantio de árvores frutíferas em terrenos vazios nos bairros de Araraquara, para que a própria comunidade tenha acesso gratuito a essas frutas, direto da árvore, e cuide desses espaços. A ideia é que o projeto se espalhe também para outras regiões da cidade.O terreno do Valle Verde, que fica na Avenida Luiz Rodrigues Malheiros, vai receber 26 mudas fornecidas pelo Daae, incluindo manga, laranja, abacate, jaca, limão, romã, lichia e amora, entre outras espécies. As primeiras mudas já foram plantadas nesta quinta, com participação de crianças atendidas pelo Centro de Convivência da Criança e do Adolescente “Nossa Senhora das Mercês”, do Jardim São Rafael.“Nós vamos ver um lugar bonito, ocupado por árvores frutíferas que juntam passarinhos e vão trazer sombra. Na minha época de infância, a gente pegava fruta direto do pé. Essas coisas sumiram com o tempo, mas são importantes. Quem não come fruta tem uma alimentação desequilibrada”, afirmou o prefeito Edinho.Ele ressaltou que outros bairros também receberão o projeto, mas destacou a simbologia do lançamento no Valle Verde, que foi lançado sem políticas públicas básicas — uma UPA está em funcionamento, uma quadra de futebol society foi inaugurada neste ano e quatro CERs e duas EMEFs serão construídas em parcerias da Prefeitura com a Caixa Econômica Federal e o Governo do Estado.“Só aqui na região do Valle Verde, são cerca de 20 mil moradores. Isso é mais que muitas cidades da nossa região. Pois esta cidade precisa ser muito bem cuidada”, explicou.A vereadora Thainara explicou que a idealização do "Nosso Pomar" surgiu ao verificar que a população dos bairros mais vulneráveis tinha dificuldade de acesso a uma alimentação saudável. “É um projeto que traz consciência ecológica e fornece as frutas para os moradores. O projeto é piloto e vamos levar para outros bairros. A gente espera que, até o final do mandato, tenhamos o ‘Nosso Pomar’ em todas as regiões”, disse a parlamentar.O diretor de Gestão Ambiental do Daae, Helton Alves Galvão, parabenizou a todos os responsáveis pela ideia. “É um projeto que tem função ecológica e nutricional. Parabéns a todos que estarão desfrutando desse pomar nos próximos anos”, declarou Helton.Ainda estiveram no evento a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cidinha Silva, o coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta, e a nutricionista Carolina Mendes, que participou da idealização do projeto.