Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 10 / 16 / ‘Nada fere mais a dignidade humana do que a fome’, afirma Edinho

‘Nada fere mais a dignidade humana do que a fome’, afirma Edinho

Prefeitura, Câmara e parceiros abriram nesta segunda-feira (16) a 2ª Semana Municipal da Alimentação Saudável, no CEU das Artes, no Jardim São Rafael
No lançamento da 2ª Semana Municipal da Alimentação Saudável, o prefeito Edinho reforçou que é essencial o desenvolvimento de políticas públicas de combate à fome e à miséria.O evento de lançamento foi realizado no CEU das Artes (Centro de Artes e Esportes Unificados “Vereadora Deodata Leopoldina Toledo do Amaral”), no Jardim São Rafael, na manhã desta terça-feira (16).“A fome é uma realidade que precisa ser combatida. O Governo Federal congelou seus gastos por 20 anos, mas como eu vou congelar os gastos da Prefeitura? Só se eu virar as costas para as questões sociais. Jamais vou virar as costas para a exclusão, para a fome”, afirmou Edinho.“É essa a batalha que precisamos incentivar: contra a fome e a miséria. É possível combater a fome desde que a coloquemos como uma ação prioritária, que envolva o poder público e a sociedade, em campanhas de doações de alimentos. Não há nada que fira mais a dignidade humana do que a fome, do que não ter o que dar de alimento aos filhos”, complementou o prefeito.Neste ano, a Semana Municipal da Alimentação Saudável tem o tema “É possível um mundo #FomeZero até 2030” e é realizada pela Prefeitura em parceria com a Câmara Municipal, universidades, entidades e conselhos municipais.O primeiro dia foi marcado por distribuição de alimentos saudáveis doados por agricultores familiares, aferição de pressão e glicemia, atividades esportivas e de educação alimentar e nutricional. A programação traz ainda palestras, exibição de filme, debate e oficinas culinárias no Sesc e nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social).Em sua fala, o coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta, parabenizou o prefeito Edinho e sua equipe pelo trabalho. “O Edinho tem trabalhado incansavelmente por meio das ações intersetoriais para combater a fome e seus males, com programas e projetos emancipadores. Um deles é a cesta de hortifrúti que muitos de vocês aqui presentes recebem, como uma forma de complementação da alimentação.”A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa, enalteceu a integração da segurança alimentar com a assistência social. “É um desafio como política pública. Nós do poder público e os conselhos temos como objetivo pensar na alimentação saudável”, relatou.Para o vereador Roger Mendes (Progressistas), autor da lei que cria a Semana de Conscientização da Alimentação Saudável, o País vive um retrocesso nas questões sociais, mas o trabalho desenvolvido em Araraquara vai na contramão disso. “Estamos melhores que outros municípios devido à atenção e à prioridade que o governo tem dado a esse tema. O projeto ajuda aqueles que mais precisam.”Ainda estiveram no evento a coordenadora de Agricultura, Silvani Silva; o vice-presidente do Comsan (Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional), Paulo Viana; a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cidinha Silva; entre outras autoridades.RealizaçãoA 2ª Semana Municipal da Alimentação Saudável tem organização da Caisan (Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar e Nutricional), do Comsan (Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional), da Coordenadoria de Segurança Alimentar e da Coordenadoria de Agricultura.O evento ainda tem parceria da Câmara Municipal, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp (Universidade Estadual Paulista), da Etec Profª. Anna de Oliveira Ferraz (Escola Industrial), do IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo), da Unip (Universidade Paulista), da Uniara (Universidade de Araraquara) e da Pastoral da Criança.Programação16 de outubro9h30 – AberturaDistribuição de alimentos saudáveis, aferição de pressão e glicemia, atividades esportivas e de educação alimentar e nutricionalCEU das Artes19h30 – Palestra: “Agroecologia, alimentando corpo e alma”Com Mariana Crespo Mello – Lic. Ciências BiológicasEtec Profª. Anna de Oliveira Ferraz17 de outubro19h30 – Filme e debate: “Por um mundo sem fome”Projeto Memória, de Josué de Castro – 2004Teatro Wallace Leal Valentin Rodrigues18 de outubro9h – Oficina: “Produtos derivados da soja”Com a Professora Doutora Daniela Cavallini – Projeto UnisojaEtec Profª. Anna de Oliveira Ferraz15h – Palestra: “Política de Segurança Alimentar e Nutricional”Com Marcelo Mazeta – Coordenador de Segurança AlimentarIFSP – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia19 de outubro17h – Projeto “Celebração da Vida”Com Maria Alice Ferro MartinezPastoral da Criança – Igreja de São Peregrino – São Rafael II21 de outubro14h – Oficina culinária “De pão em pão”Com o chef Fernando Di SerioSesc – Inscrições na Central de Atendimento (vagas limitadas)Ciclo de oficinas culinárias nos Cras: “Aproveitamento integral dos alimentos”Núcleo de Educação Alimentar e Nutricional e estudantes de Nutrição – Uniara e UnipInscrições nos Cras (vagas limitadas)16 e 17 de outubro8h às 11hCras do CecapCras do HortênsiasCras do Valle Verde18 e 19 de outubro8h às 11hCras do São RafaelCras do Parque São PauloCras do Cruzeiro do Sul