Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 11 / 01 / Araraquara debate a Consciência Negra com diversas atividades

Araraquara debate a Consciência Negra com diversas atividades

Programação gratuita da primeira quinzena apresenta: Semana da Capoeira, Prêmio Zumbi, rodas de conversa com os usuários de diversos CRAS e palestras informativas
 Novembro é mês da Consciência Negra e Araraquara debate o assunto com uma programação gratuita que se inicia nesta segunda-feira, 05 de novembro, e segue até o início de dezembro. A programação da Secretaria de Planejamento e Participação Popular, por meio da Coordenadoria Executiva de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e do Centro de Referência Afro Mestre Jorge, destaca nesta primeira quinzena do mês: a Semana da Capoeira, o Prêmio Zumbi, as rodas de conversa com os usuários do CRAS, além de palestras informativas.O coordenador de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiz Fernando Costa de Andrade, conta que a programação é proposta em consenso com o CONCEDIR – Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo e equipe de servidoras e voluntários do Centro de Referência Afro. “O objetivo é aproximar pessoas que se interessem por entender, de fato, o significado das discussões em torno da Consciência Negra e, também, evidenciar as práticas desenvolvidas pela Secretaria de Planejamento e Participação Popular, contudo, buscando agora aproximar mais as pessoas do Centro de Referência Afro”.Ele conta que serão promovidas  práticas e linguagens, como a Capoeira. “A Capoeira - de modo lúdico, prático e reflexivo - apresenta a riqueza de uma discussão muitas vezes enviesada e subestimada em seu poder de formar e conscientizar negros e não negros. Com um repertório cultural rico e abrangente, a linguagem da Capoeira precisa cada vez mais ser disponibilizada para as pessoas, tanto as que já conhecem algo sobre o assunto, tanto as que nunca se aproximaram dessas questões”.O coordenador  lembra que “para além de combater o racismo e discutir os problemas decorrentes dele, promover a cultura e os diversos saberes legados pelas culturas de matriz africana e afro-brasileira, certamente nos faz melhores e mais responsáveis com as nossas vidas e com as vidas das pessoas e das diversidades com as quais convivemos cotidianamente”. Semana da Capoeira - As atividades da Consciência Negra terão início na segunda-feira, 05 de novembro, com a abertura da Semana Municipal da Capoeira na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa, às 18 horas.A mesa de abertura contará com a participação dos quatro mestres de Capoeira anfitriões da semana (Mestre Zezinho, Mestre Toninho, Mestre Nildão e Contramestre Patrick), grupos de capoeira de Araraquara, autoridades municipais e interessados no assunto. Para a abertura, está sendo organizada uma exposição, com fotos e textos informativos, sobre os grupos de Capoeira em Araraquara.Reconhecida como importante instrumento educativo, a Capoeira contribui para a formação integral de cidadãos, promovendo o aporte da cultura corporal e crítica, frente às problemáticas sociais. Ainda, vale destacar que o ensino da Capoeira em projetos sociais, se mostra um forte componente de inserção social, contribuindo para a redução das mazelas sociais.Na programação da Semana da Capoeira, um dos destaque são as atividades com os mestres em diversas escolas municipais e estaduais da cidade. Serão 12 escolas participantes, atingindo um público total de 2 mil crianças e adolescentes, com atividades lúdicas e práticas que contam com palestras, vivências práticas e apresentações de Maculelê, Samba de Coco, Capoeira Angola, Regional e Contemporânea.Também, no Centro Referência Afro, a Semana apresenta debate com tema específico referente à Capoeira, como linguagem de referência para discussões sobre política de promoção às culturas de matriz africana e afro-brasileira. Na quarta, dia 07, o debate será “A Capoeira em Araraquara - Perspectivas para o Futuro”, às 19 horas.O encerramento da Semana será realizado com uma grande Roda de Capoeira, que irá reunir Mestres, praticantes e comunidade. A organização está preparando os detalhes desta atividade que será realizada na Praça do Teatro Municipal, no domingo, 11 de novembro, das 16 às 18 horas.Vale lembrar que a Capoeira foi reconhecida como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO, em 2014. Em Araraquara, a Semana Municipal de Capoeira é instituída por meio do projeto de lei n° 167/12, de 2012, e assegura uma forma de reconhecimento e valorização pela comunidade capoeiristica de Araraquara que, a longos anos vem desenvolvendo trabalhos principalmente em projetos sociais.“Nosso objetivo é estimular a discussão e o aprofundamento de temas ligados à arte da Capoeira, símbolo da cultura afro-brasileira, da miscigenação, e da resistência à opressão”, aponta o coordenador de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. Outras atividades – Luiz Fernando tem uma agenda extensa neste mês, a fim de levar informação à públicos distintos da cidade por meio de encontros, palestras e bate-papos. De acordo com o coordenador a ideia é propiciar encontros e trocas de saberes e experiências, “fundamentados em estudos sobre as áreas que discutem temas das questões raciais e culturais que nos serve para enriquecimento das temáticas relacionadas a consciência negra”. Consciência negra, racismo, questões de identidade e auto-conhecimento, valorização das diferenças, das políticas de promoção da justiça e igualdade entre todos entram nesta pauta.“Ainda: precisamos também tratar dos porques das desigualdades e das políticas compensatórias. Enfim, é necessário promover compreensões e entendimentos francos e abrangentes, pregando paz e entendimento, contra a intolerância e as formas rasas de discutir coisas sérias”.Os usuários dos CRAS serão parte doe público que deve ser atingido pelos encontros com o coordenador de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. As atividades serão realizadas no Centro de Referência Afro, com os usuários do CRAS tendo a oportunidade de conhecer este espaço. Também, os jovens do Centro da Juventude integrarão este programa de visitas.Luiz Fernando também irá, na quarta-feira, 07 de novembro, visitar locais levando seu discurso da Consciência Negra: na SIPAT do DAAE, às 10h45, realiza a palestra “Racismo”, enquanto às 12h30 se apresenta aos alunos da EE Joaquim Pinto Machado Jr. (Machadinho), com a roda de conversa “Consciência Negra e Cultura Africana e Afro-brasileira”.O Prêmio Zumbi, realizado pela Câmara Municipal de Araraquara será realizado na segunda-feira, 12 de novembro, às 19 horas, na própria Câmara. Em sua 14ª edição, o Prêmio irá homenagear Maria José Ferreira Gregório – a escolha da homenageada é realizada por meio de votação, através dos integrantes do COMCEDIR – Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo.A programação da segunda quinzena das atividades da Consciência Negra está sendo finalizada e, logo mais, será divulgada.Ainda, estão confirmados para novembro: Festival Comunitário Negro Zumbi (FECONEZU – 40 anos) nos dias 23, 24 e 25; o lançamento da cartilha Injúria Racial, na Defensoria Pública, no dia 28; a segunda edição do “Dia da Estética, Beleza e Empoderamento”, no Centro de Referência Afro, dia 29.Para fechar a programação, no dia 02 de dezembro – Dia Nacional do Samba – uma grande festa está sendo preparada para ser realizada na Estação Ferroviária.Toda a programação é gratuita e pode ser conferida no site da Prefeitura de Araraquara. PROGRAMAÇÃO CONSCIÊNCIA NEGRA 05/11 (segunda)- 18h: abertura da Semana Municipal de Capoeira – Mês da Consciência Negra / Local: Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa 07 (quarta-feira)- 10h45: Palestra “Racismo” / Local: DAAE (SIPAT)- 12h30: Roda de Conversa “Consciência Negra e Cultura Africana e Afro-brasileira” / Local: EE Joaquim Pinto Machado Jr. (Machadinho)- 19h: Debate “A Capoeira em Araraquara - Perspectivas para o Futuro” / Local: Centro de Referência Afro 11/11 (domingo)- 16h: Grande Roda de Capoeira / Local: Praça do Teatro Municipal 12 (segunda-feira)- 19h: Prêmio Zumbi / Local: Câmara Municipal de Araraquara 
  • + Atividades de Capoeira nas escolas:
05/11 – 8h: EMEF Rafael de Medina05/11 – 8h: E.E Leia de Freitas Monteiro06/11 – 14h: CAIC Rubens Cruz06/11 – 16h: E.E Dorival Alves07/11 – 8h30: PEC Ricardo Monteiro07/11 – 10h: EMEF CAIC Ricardo Monteiro07/11 – 14h: E.E.P.G. Luiza Rolfssen Petrilli07/11 – 14h30: E.E João Batista de Oliveira07/11 – 14h40: E.E Lysanias de Oliveira Campos09/11 – 8h30 e 15h: CER Profª Zilda Martins Pierre09/11 – 16h30: EMEF Henrique Scabello 
  • + CRAS visita Centro de Referência Afro:
05/11 – 9h: CRAS Maria Luiza07/11 – 14h: CRAS Cruzeiro do Sul e Centro de Referência da Juventude08/11 – 9h: CRAS Cruzeiro do Sul e CRAS Maria Luiza13/11 - 9h: CRAS Vale do Sol14/11 – 9h: CRAS Parque São Paulo