Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 11 / 27 / “Saúde em Casa” chega no Altos de Pinheiros nesta quarta (28)

“Saúde em Casa” chega no Altos de Pinheiros nesta quarta (28)

Programa da Prefeitura garante entrega em domicílio de medicamentos de uso continuado a pacientes SUS
 A Prefeitura de Araraquara lança, nesta quarta-feira (28), na região do Parque Residencial Altos de Pinheiros, mais uma etapa do programa “Saúde em Casa”, que atende pacientes SUS com a entrega em domicílio de medicamentos de uso continuado para doenças crônicas controladas, como hipertensão e diabetes, e planejamento reprodutivo.A solenidade de lançamento será realizada às 9 horas, na USF "Prof. Dr. Ray de Paula e Silva", localizada na Rua Carlos Bersanetti Filho, 80, no Parque Residencial Altos de Pinheiros.Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Gerência de Assistência Farmacêutica, o programa foi lançado em 1º de março no Jardim Cruzeiro do Sul. A partir daí, foi sendo ampliado para as regiões do Adalberto Roxo, em maio, Jardim Paraíso e Marivan, em julho, e Jardim Brasil e Jardim Brasília, em outubro.Ao todo, 1.409 mil pessoas do município são atendidas hoje pelo “Saúde em Casa”, somando 1.407.224 medicamentos, materiais e insumos distribuídos gratuitamente a estes beneficiados.Nesta nova expansão, o programa passa a atender a população de mais 3 bairros: Altos de Pinheiros I e III, e Residencial Alamedas.De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a prioridade são os bairros mais afastados e que não possuem farmácia nos postos de saúde, mas, gradativamente, o programa deverá atender toda a cidade.Para ser beneficiário, é preciso ser usuário do medicamento, estar cadastrado na unidade de saúde, passando por consultas de rotina, e estar estabilizado, ou seja, com a dose ajustada do medicamento e com a pressão arterial e glicemia controladas. Cada paciente recebe a quantia de medicamento suficiente para que o tratamento não seja interrompido até a próxima entrega.Além de garantir a continuidade de tratamentos que não podem ser interrompidos, sem custo para o paciente, o programa aproxima o farmacêutico da comunidade e possibilita a troca de informações sobre o uso correto de medicamentos.