Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 12 / 07 / Coordenador aponta avanços com investimentos no trânsito

Coordenador aponta avanços com investimentos no trânsito

Segundo Nilson Carneiro, obras e ações realizadas em 2018 provocaram melhorias na mobilidade urbana de Araraquara
 Confira entrevista na íntegra:https://www.facebook.com/prefeituraararaquara/videos/272264823642930/?t=1O coordenador de Mobilidade Urbana e diretor presidente da Controladoria do Transporte de Araraquara (CTA), Nilson Carneiro, fez na quarta-feira (5), no programa ‘Canal Direto’ com a Prefeitura, um balanço das ações do setor em 2018 na cidade.Segundo Nilson, Araraquara teve um dos maiores investimentos no trânsito e transportes neste período que resultaram numa série de melhorias para a população.A seguir, um resumo das principais ações:Investimentos: Para as obras de melhorias na sinalização do trânsito, vertical, horizontal, semafórica, defensa e gradil, foram investidos, em 2018, segundo Nilson, cerca de R$ 2,5 milhões para manter o sistema viário com pintura e placas.Foram instalados diversos novos semáforos para aumentar a segurança, como na Avenida Padre José de Anchieta e na Rua Castro Alves (Rua 16) com a Avenida Barroso, além de outros 30 semáforos com sinalizador, que melhoram o fluxo de veículos.TCI: Também foram instalados portões de acesso ao TCI (Terminal Central de Integração) para serem fechados entre meia-noite e 5 horas da manhã. Com isso, não mais foram registrados roubos no local, o que significa proteção ao patrimônio.Também foram instalados quatro painéis eletrônicos para beneficiar os usuários – dois na Avenida São Paulo e dois na Avenida Portugal, que permitem o acompanhamento do horário de chegada e partida dos ônibus.Além disso, estão instaladas vinte câmeras de videomonitoramento, que funcionam em tempo real com a Guarda Municipal para oferecer maior segurança aos usuários do Terminal.“Agora, também vamos entregar as obras de reforma dos banheiros do TCI, que ganhou nova tubulação nas redes de água e esgoto e uma nova infraestrutura. Além dos novos banheiros feminino e masculino e para portadores de deficiência, também foi instalado um fraldário”, afirmou Nilson Carneiro.Novos ônibus: A entrega dos novos cinco ônibus pela Viação Paraty, na segunda-feira (3), para o transporte coletivo, faz parte do primeiro lote do contrato com a Paraty, que atende a zona norte da cidade. “Além do elevador para pessoa com deficiência, os novos carros apresentam outras diferenças, como o painel do lado direito da porta de embarque, nove pontos para carregar celular e câmeras de monitoramento”.Campanhas: “Trabalhamos sempre em três eixos: a de engenharia de tráfego, educação e esforço legal. Araraquara contabiliza hoje quase 180 mil veículos e quanto mais a cidade cresce com bom padrão econômico maior é a tendência de se ter mais pessoas circulando, principalmente de motos, que são quase 40 mil unidades”.Ainda segundo Nilson, são importantes as campanhas no trânsito, como as deste ano, que envolveram donos de motos e pedestres, e a de respeito ao estacionamento do idoso e da pessoa com deficiência. Ainda citou o Consetrans (Concurso Municipal de Segurança e Educação no Trânsito), que envolve alunos de Ensino Fundamental da cidade e é realizado há 16 anos.Agora, também os pacientes do Cora (Centro Oncológico da Região de Araraquara) têm gratuidade no estacionamento durante a fase de tratamento médico e, dependendo da faixa salarial ou do valor da aposentadoria, poderão também ter acesso gratuito nos ônibus do transporte coletivo.Meia tarifa: Por meio de um decreto do prefeito Edinho, estudantes de Araraquara que viajam para estudar fora, em outras cidades, pagam a metade do valor da tarifa para se deslocarem de casa até o Terminal Rodoviário de Passageiros.Outra melhoria: nos domingos e feriados, o usuário que dispuser do cartão eletrônico pode viajar pela cidade pagando apenas a metade do valor da tarifa.E é importante também que os usuários se utilizem mais do cartão eletrônico no transporte coletivo. “Primeiro, porque agiliza a passagem pela catraca e, segundo, porque inibe a prática de assaltos, já que diminui a quantidade de dinheiro nos ônibus”, enfatizou.O coordenador de Mobilidade Urbana e diretor presidente da Controladoria do Transporte de Araraquara reitera que a segurança seria maior no transporte coletivo da cidade se a adesão ao cartão eletrônico atingisse entre 90% e 100% dos usuários.Canal abertoVale lembrar que o programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’, que vai ao ar, ao vivo, de segunda a sexta-feira, às 18h30, via TV Web Participativa, na página oficial do Facebook da Prefeitura de Araraquara, tem sempre como entrevistado um representante do governo.