Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 12 / 14 / Educação entrega medalhas aos alunos da Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

Educação entrega medalhas aos alunos da Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

Aluna araraquarense que foi destaque na 20ª edição do Concurso Regional EPTV na Escola também foi premiada
 A Secretaria Municipal da Educação entregou medalhas, certificados e livros aos vencedores da 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, da 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e da 20ª edição do Concurso Regional EPTV na Escola.O evento teve a participação de professores das escolas municipais, que acompanharam os alunos vencedores, pais e convidados que lotaram o auditório da Fatec, no bairro Santa Clara, zona leste de Araraquara.Para a secretária da Educação, Clélia Santos, as provas e os concursos revelam talentos na rede pública e valorizam os professores qualificados. “Nossos estudantes estão provando que podem, sim, alçar voos mais altos”, resumiu a secretária.VencedoresMedalha de ouro na seletiva internacional, a aluna Ana Clara Araújo Cangussu, de 15 anos, da Emef Olga Ferrreira Campos, aguarda com boas expectativas os resultados da prova, via Internet. “Tenho confiança que fiz uma boa prova e continuo estudando para prestar a fase presencial, caso for aprovada na etapa online. Pretendo seguir o caminho na área do Universo, onde há muito para desvendar”, projeta, sorridente.Aluno do 9º ano da Emef Ricardo Caramuru de Castro Monteiro, no Vale do Sol, Felipe Christensen de Almeida conquistou a medalha de ouro da Astronomia e Astronáutica. “Eu fiz a prova em curto espaço de tempo e tenho interesse pelos estudos das estrelas. Também quero me dedicar a projetos de web designer e desenvolver games”, afirma.Pedro de Oliveira Frigieri, de 8 anos, conta que a mãe Carla o ajudou no estudo do Universo. “Minha elaborou umas questões para eu resolver antes da Olimpíada. Eu gosto de estudar o Universo. O professor Anderson fez uma experiência com foguete usando material Pet”, recorda em detalhes o aluno da Emef Altamira Mantêse, detentor de duas medalhas de ouro (2017-2018).Ao todo, a Emef Altamira conquistou 29 medalhas, entre ouros pratas e bronzes. Para a coordenadora Daniela Moraes Rodrigues a escola vem se destacando desde 2016.“Nossos prêmios nas Olimpíadas refletem o trabalho e dedicação dos professores e empenho dos alunos que têm incentivos para as pesquisas e estudam por meio das novas tecnologias”, relata.