Você está aqui: Página Inicial / importação / noticias / 2018 / 12 / 18 / Centros de Referência da Mulher e LGBTQIA+ ganham nova sede nesta quarta (19)

Centros de Referência da Mulher e LGBTQIA+ ganham nova sede nesta quarta (19)

Será lançado também o programa multidisciplinar de cuidados na gestação e no pós-parto; iniciativas atendem demandas eleitas no OP
A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Popular, realiza nesta quarta-feira (19), às 19h30, a cerimônia de inauguração da nova sede do Centro de Referência da Mulher (CRM) Heleieth Saffioti, que passará a sediar o Programa Municipal Multidisciplinar de Cuidados na Gestação e no Pós-Parto, e do Centro de Referência LGBTQIA+.São iniciativas que atendem demandas eleitas em plenárias temáticas do Orçamento Participativo, em 2017.O Centro de Referência da Mulher, que vai dividir a sede com o Centro de Referência LGBTQIA+, acolhe mulheres em situação de vulnerabilidade por violência doméstica, realiza todo acompanhamento psicológico e dá suporte durante a comunicação do caso à polícia. O espaço também conta com um telefone de plantão 24 horas, para atender as mulheres fora do horário de funcionamento da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Em média, são 140 atendimentos mensais.A atual sede funcionava desde o ano passado na Rua Pedro Morganti, 2231, e agora se muda para a avenida Espanha, 536, num ponto da região central mais acessível e acolhedor à população que precisa de seus serviços Centro de Referência LGBTQIA Junto com o CRM, o Centro de Referência LGBTQIA+ em Araraquara, cuja criação foi eleita em 2017, em plenária temática do OP, vai concentrar os trabalhos da Assessoria de Políticas Públicas LGBT desenvolvidos em defesa dos direitos da população LGBT do município.  A Assessoria presta atendimento, orientando e acompanhando as vítimas de homofobia.O Centro de Referência LGBTQIA+ será denominado Nivaldo Aparecido Felipe de Miciano - Xuxa, em homenagem ao rapaz que era morador de rua e faleceu no dia 9 de dezembro de 2016. Sua morte mobilizou muitas pessoas a escreverem textos em sua homenagem nas redes sociais.“Xuxa era negro, LGBTQIA+ e pessoa em situação de rua. Foi por tudo isso que o Conselho Municipal LGBT do município, a Assessoria Especial de Políticas LGBT e a Pefeitura escolheram homenageá-lo, garantindo a lembrança e honra do nome de Xuxa”, justificou Felipe Brunelli, Assessora Especial de Políticas LGBT. Programa Multidisciplinar de Cuidados na Gestação e no Pós-Parto Oferecer um atendimento multidisciplinar compartilhado às mulheres durante o período gestacional e puerpério. Esse é o objetivo do Programa Municipal Multidisciplinar de Cuidados na Gestação e no Pós-Parto que será lançado na cerimônia de inauguração da nova sede do CRM.O programa foi instituído por lei municipal, de autoria do prefeito Edinho, atendendo demanda do Orçamento Participativo; a proposta foi eleita na plenária Mulheres do ano passado.De acordo com a lei, a prioridade de atendimento será de mulheres em situação de violência e em situação de vulnerabilidade e risco social, em especial as que estiverem incluídas no Cadastro Único do Governo Federal.“É uma parceria da secretaria de Planejamento e Participação Popular com a secretaria de Saúde. A sede será o Centro de Referência da Mulher onde serão desenvolvidas as atividades sociais e coletivas de acompanhamento das mulheres gestantes e também no pós-parto”, afirma a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Amanda Vizoná.Já as atividades de acompanhamento da gestação, que dizem respeito à área da saúde, serão realizadas da Maternidade Gota de Leite de Araraquara.Para garantir o atendimento multidisciplinar, considerando os contextos de vida, as questões de vulnerabilidades e riscos das mulheres, será criado um comitê gestor do programa com representantes do Centro de Referência da Mulher, da Gota de Leite, do Conselho Municipal de Direitos das Mulheres, da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.O programa será apresentado com detalhes na cerimônia desta quarta-feira, na nova sede do Centro de Referência da Mulher e do Centro de Referência LGBTQIA+, localizada na avenida Espanha, 536, no Centro.