Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação
Você está aqui: Página Inicial / importação / op / 2018 / 05 / 05 / Idosos escolhem reforma do antigo Clube Estrela em plenária temática do OP

Idosos escolhem reforma do antigo Clube Estrela em plenária temática do OP

Cerca de 130 idosos participaram da atividade, no Teatro Wallace, na manhã deste sábado (5); pedido será incluído no Orçamento de 2019
A revitalização do antigo Clube Estrela, na Vila Velosa, foi escolhida como o investimento a ser colocado no Orçamento de 2019 da Prefeitura, durante a plenária temática de Idosos do OP (Orçamento Participativo), no Teatro Wallace Leal Valentim Rodrigues, na manhã deste sábado (5).A demanda, aprovada por 55 votos, inclui reformas internas, nas quadras, nas piscinas e em outros equipamentos públicos que são utilizados pelos idosos em suas atividades esportivas e de lazer.Outro pedido que concorreu e perdeu a votação, a criação de um programa para abrigo provisório de idosos em situação de vulnerabilidade (social e de saúde) recebeu 48 votos. Ao todo, cerca de 130 pessoas participaram da plenária, a primeira temática da edição 2018 do OP.Necessidades ​apontadas​ pelos idosos e que não necessitam de inclusão no Orçamento foram encaminhadas aos secretários​ responsáveis​, como melhorias de acessibilidade nas ruas, aumento de vagas de estacionamento exclusivas​ e de projetos esportivos​, entre outras.“Além de pensar políticas públicas para essa população, que cresce cada vez mais, esse espaço é para se fazer um debate sobre o fim do preconceito. São pessoas que contribuíram para o mundo que está aí e precisam ser respeitadas. A gente precisa mudar a concepção de que o mundo só respeita as pessoas no auge profissional”, afirmou o prefeito Edinho, na abertura da plenária.Edinho ressaltou o papel que o OP tem na administração. “Democracia é muito mais que votar a cada dois anos na urna eletrônica. Democracia é quando a gente participa das decisões. Os idosos que vieram na plenária estão construindo a história de Araraquara”, declarou.Representando a Câmara Municipal, o vereador Edio Lopes (PT) lembrou que as decisões sobre a cidade não saem da cabeça do prefeito e dos secretários. “É a população quem opina. E vocês quem sabem o que precisam de políticas públicas para os idosos”, relatou.A deputada estadual Márcia Lia (PT) também destacou a importância do OP. “É um espaço para melhorar a vida de vocês. A gente não pode abrir mão desse espaço, que é fundamental para definir as políticas públicas”, disse a deputada.Quem compareceu também aprovou a iniciativa. “Essas reuniões são importantes que aconteçam não só hoje, mas sempre, em todos os lugares, para que o povo veja, no idoso, aquele que muito contribuiu e que ainda tem muito para dar para a juventude que aí está vindo”, afirmou o idoso Sérgio Batista.​Ainda estiveram na plenária os vereadores Toninho do Mel (PT) e Gerson da Farmácia (MDB); os secretários Priscila Luiz (Comunicação), Everson Inforsato, o Dicão (Esportes e Lazer), e João ​Bernal (Obras e Serviços Públicos); a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cidinha Silva; a presidente do COP (Conselho do Orçamento Participativo), Patrícia Ferreira; e a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Sílvia Carmagnani.​​Próximas plenáriasAs plenárias regionais do OP começam na próxima semana. ​Na quarta-feira (9), às 19h, pela Região 3, na EMEF Altamira Amorim Mantese, no Selmi Dei, estarão os moradores das sub-regiões do Selmi Dei, do Valle Verde e do Jardim Indaiá.Já na quinta-feira (10) é a vez da Região 10, na EMEF Eugênio Trovatti, em Bueno de Andrada, às 19h. Essa plenária reunirá moradores das sub-regiões de Bueno de Andrada, do Assentamento Monte Alegre e da Chácara Flora.A próxima plenária temática será no dia 18, às 19h, no Teatro Wallace, com o tema Igualdade Racial.