NOTÍCIAS

Voltar

200 anos: atletas correm 320 quilômetros no Parque Infantil

24 de agosto de 2017


A tradicional corrida em homenagem ao aniversário da cidade, neste ano em especial ao bicentenário, reuniu 50 atletas, de várias cidades da região, no Parque Infantil, região central de Araraquara.

O desafio inovador de completar as 400 voltas no entorno de parque, com percurso de 800 metros, foi cumprido durante a jornada de 23 horas ininterruptas, com o revezamento entre os participantes. O início foi na segunda feira, dia 21, por volta das 18h30, e o término no dia 22, às 17h30.

O ultramaratonista José Alberto de Mattos Marques, o Beto Pela Fé, abriu a competição correndo as primeiras 80 voltas durante a madrugada e ele cuidou da organização durante o dia, inclusive distribuindo prêmios aos participantes.

“Completamos 320 quilômetros, em revezamentos com atletas da região, e Leonel Timotéo, do Rio de Janeiro. Agradecemos a participação das atletas femininas pela primeira vez”, relatou Beto.

Ainda na madrugada, Elizeu Gomes, de Santos, outro ultramaratonista, correu até o sol raiar completando 60 voltas. Iniciantes e veteranos completaram os objetivos da prova.

 

Confraternização

A sergipana de Capela, Nildete Babosa, de 62 anos, começou a correr há três anos e já coleciona troféus importantes na categoria acima de 60 anos.  “Ganhei a prova de 6 Km em Bueno de Andrada e a Santo Onofre, ambas no ano passado em minha categoria, e estou feliz em  participar da prova de aniversário da cidade que amo e onde construí minha família”, contou animada a tia Nil. Ela pratica esportes com apoio do marido David José Barbosa e de três filhos.

Outro veterano nas corridas de 5km, 7km e 10km, Edvaldo Alves de Souza, 61 anos, nasceu em Nova Europa e está na cidade há 33 anos. “Eu adoro esta cidade e é uma alegria imensa correr no dia do aniversário dela”, disse entusiasmado.

O estreante Getúlio Oliveira de Paula, 49, elogiou a organização da prova. “Corri 5 voltas e gostei da iniciativa de homenagear a cidade com uma prova bem organizada”, resumiu. Ao final houve confraternização com bolo, sucos e refrigerantes.

Vale destacar que Beto Pela Fé organiza a prova desde os 192 anos de fundação do município e os números de volta correspondem as números do aniversário.  Portanto, em 2017, nos 200 anos ele inovou ao dobrar de 200 para 400 voltas.

O desafio para 2018, lançado pela ultramaratonista, é dobrar novamente, desta vez, de 201 para 402 voltas.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis