Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Abril / 10 / Araraquara terá Semana de Assistência Farmacêutica em maio

Saúde

Araraquara terá Semana de Assistência Farmacêutica em maio

Tradicional evento da Unesp tem apoio da Prefeitura e acontece na Praça Santa Cruz
SAFE 02.jpg

 

 

A Unesp realiza entre os dias 6 e 10 de maio, com apoio da Prefeitura, a tradicional Semana de Assistência Farmacêutica Estudantil (Safe). A atividade, que acontece anualmente desde 1999 na Praça Santa Cruz, visa oferecer serviços e informações na área da saúde.

O evento gratuito e aberto ao público é organizado pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp e busca aplicar o conhecimento que os alunos recebem em sala de aula, além de transmitir à população conhecimentos básicos de saúde e reafirmar a importância do profissional farmacêutico.

Durante o evento, que integra o calendário de eventos oficiais do Município, a população pode realizar exames de triagem para doenças como diabetes, anemia e hipertensão arterial, entre outras. A Semana de Assistência também traz orientações sobre alimentação, prevenção do câncer, educação sexual e primeiros socorros.

Este ano, pela primeira vez, a Safe recebe as atividades da Semana de Conscientização do Uso Correto de Medicamentos, instituída por lei municipal de autoria do vereador Edson Hel (PPS). Também são parceiras do evento a Uniara e a Unip. O objetivo da Semana de Conscientização, que também contará com palestras em escolas municipais, é sensibilizar a sociedade sobre os perigos que envolvem a automedicação e o descarte incorreto de medicamentos.

Edson Hel destaca a parceria com a Safe. “É um evento muito importante, que levará palestras às escolas para ampliarmos a abrangência da proposta por meio dos alunos da Unesp, e que contará com o prestígio da parceria com a Safe, que está na sua 21ª edição, o que nos motiva ainda mais a dar continuidade a esse programa que vem, ao longo dos anos, contribuindo para a melhoria de vida das pessoas de nossa cidade, orientando e informando quanto ao uso correto dos medicamentos, quanto ao descarte correto e os locais para que isso seja feito com maior segurança para todos, não poluindo a natureza”, explica.

registrado em: ,