Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Agosto / 24 / Aniversário de Araraquara, festa do tamanho da garra do nosso povo, pacífica; espaço de lazer para as famílias

Comunicação

Aniversário de Araraquara, festa do tamanho da garra do nosso povo, pacífica; espaço de lazer para as famílias

Não tivemos registro de entrada de armas brancas e de fogo e focos de brigas foram contidos rapidamente
f8a7ab6c-9115-4bd7-ad38-152d19b501a3.jpg

 


A matéria do RCI Araraquara com o título “Bebidas e drogas foram liberadas a menores na Facira” é equivocada e mal intencionada. A matéria diz que no ano anterior coube à Guarda Municipal a revista nas entradas da FACIRA e esse ano tal incumbência foi de empresa privada. Não procede. No ano passado coube também a revista à empresa de segurança privada com supervisão da Guarda, tal qual esse ano.

O repórter disse que entrou com duas bolsas e apenas uma foi revistada, o que soa estranho, pois qual seria o sentido em revistar apenas uma? O fato é que a revista foi rigorosa e muita droga foi apreendida e entregue à Polícia Militar.

Não tivemos registro de entrada de armas brancas e de fogo e focos de brigas foram contidos rapidamente. O rapaz caído ao chão citado na reportagem fora da feira não era menor e não estava alcoolizado. É claro que numa festa onde circularam cerca de 40.000 pessoas, apenas no dia 22 de agosto, aniversário da cidade, menores podem ter consumido bebida alcoólica. Sempre que esse fato foi constatado, medidas foram tomadas.

Afirmar que atos ocorreram com a conivência da Polícia Militar e da Guarda é incorreto e explícita o objetivo de atacar as instituições, desgatar as festividades de aniversário da cidade e a Facira. Portanto, objetivos políticos como este tem sido a imensa maioria das matérias desse veículo de comunicação, que não cansa de ignorar o manual básico de jornalismo, que é ouvir o outro lado.

Secretaria Municipal de Comunicação