Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Dezembro / 05 / No Dia Nacional do Médico de Família, especialista destaca atribuições do profissional

Saúde

No Dia Nacional do Médico de Família, especialista destaca atribuições do profissional

f20675ce-7821-43e7-bc6a-e27c509407d7.jpg

 

Especialista destaca eficácia do programa saúde da família

Segundo Phelipe Calixto, além de acompanhar todas as fases da vida do paciente, profissional tem que entender problemas pessoais

 

No dia 5 de dezembro, quando se comemora o Dia Nacional do Médico de Família e Comunidade, o médico de saúde de família e comunidade, Phelipe Calixto, que atua na Unidade de Saúde e Família do Maria Luiza, em Araraquara, explicou as funções desse profissional na rede básica.

Em entrevista ao ‘Canal Direto’, na página do Facebook do município, Calixto exemplificou que, assim como o médico especialista em pulmões, coração ou diabetes, o médico de família e comunidade é especialista em pessoas.

“Trata-se de uma especialização em medicina não apenas para atender, mas também para entender as pessoas que ele cuida”, afirmou.

Esse profissional acompanha a gestante desde o pré-natal, após o nascimento da criança, em sua infância, adolescência, juventude e também nas fases adulta e idosa, para evitar doenças. “Por isso, o médico especialista torna-se conhecido de toda a família”, enfatizou. 

Atualmente, cerca de 100 mil usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) são atendidos pelo programa Saúde de Família em Araraquara, que já obteve nota máxima no Estado de São Paulo pela atuação, segundo Calixto, num universo de 42 mil equipes em todo o Brasil.

Phelipe Calixto também explicou que o programa Estratégia de Saúde de Família possui uma equipe multiprofissional, incluindo, além do médico, os agentes comunitários de saúde que vão às casas para detectar preliminarmente os problemas das pessoas, a equipe de enfermagem, de saúde bucal e do auxiliar de serviços gerais.

A rede municipal de Saúde de Família do município possui hoje 20 médicos especialistas e está em fase de expansão, por conta dos concursos públicos que devem provocar a contratação de novos profissionais, segundo Phelipe.

Eficácia comprovada

Conforme dados do Ministério da Saúde, a rede de Atenção Primária é responsável por até 80% de resolução dos problemas de saúde da população em todo o País.

Como exemplo local, Calixto ressaltou que um levantamento feito na  Unidade de Saúde da Familia do Jardim Brasil, onde ele atuou por cinco anos, apontou que mais de 90% das pessoas assistidas tiveram seus problemas resolvidos no próprio posto.

Além de atuar na unidade do bairro Maria Luiza, Calixto também é coordenador do Programa de Residência em Medicina em Família e Comunidade da Uniara (Universidade de Araraquara), em parceria com a Prefeitura.

 

 

registrado em: