Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Julho / 22 / Assistentes sociais do município detalham o Programa de Incentivo à Inclusão Social

Social

Assistentes sociais do município detalham o Programa de Incentivo à Inclusão Social

74c7ab60-d0b2-4f60-8ac1-4db6360657df.jpg

  

Programa social aumenta rede de proteção em Araraquara

 

Voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade, PIIS-Frentes da Cidadania oferece cursos profissionalizante, entre outras oportunidades

 

O Programa de Incentivo à Inclusão Social (PIIS) – Frentes da Cidadania tem aumentado o leque de proteção social em Araraquara, além de oferecer oportunidades de reinserção no mercado de trabalho, entre outras ações.

Segundo a coordenadora de Assistência e Desenvolvimento Social, Maria Cecília Sambrano, este programa, vinculado à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads), em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, atende pessoas em situação de vulnerabilidade e riscos sociais. Inclui mulheres vítimas de algum tipo de violência, pessoas em situação de rua e também mulheres em condições de arrimo de família.

“O PIIS é voltado para uma população que realmente necessita de proteção social. As pessoas são selecionadas a partir de critérios socioeconômicos, principalmente em relação ao desemprego, além das vítimas de violência e dos arrimos de família”, reitera. “As famílias desses beneficiários do programa são referenciados nos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social) e daí os encaminhamentos para demais políticas públicas”, continuou.

Na segunda-feira (22), em entrevista ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’ - no ar, de segunda a sexta-feira, às 18h30, via página do Facebook da Prefeitura de Araraquara -, Cecília e Giovana Carvalho, assistente social da Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, apresentaram mais detalhes sobre o programa.

Segundo Cecília, desde 2017 foram abertas inscrições para receber as pessoas nas condições de alguma vulnerabilidade. O número de inscritos cresceu consideravelmente neste período no município, principalmente por conta do desemprego e da situação de violência.

Conforme explicou Giovana Carvalho, as ações do PIIS são realizadas junto com a Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, que encaminha pessoas para o Espaço Kaparaó onde são oferecidos cursos profissionalizantes, em parceria com Senac, Senai e Cebrac.

Inserção

Ao todo, 130 pessoas já passaram pelo programa em Araraquara, cuja maioria, ou 70%, são mulheres. Uma parte deste grupo já está empregada e outra atua como apoiadores no programa de combate à dengue em Araraquara.

“Há uma evolução social experimentada por essas pessoas, algumas em situação de rua, outras vítimas de violência e do alcoolismo ou egressas do sistema prisional”, acrescentou Giovana.

Para Cecília, diante da situação atual em Araraquara, com o número crescente da pobreza e de outras vulnerabilidades, este programa já atende uma boa parte dessas pessoas.

“O PIIS tem um diferencial por conta da articulação com as demais políticas públicas do município, que inserem as pessoas nos cursos de qualificação profissional e, consequentemente, no mercado de trabalho. Também propõe o retorno à escola, no ensino fundamental ou médio, além de dar suporte às famílias”, exemplificou.

Conforme ainda explicou a coordenadora de Assistência e Desenvolvimento Social, se numa família houver um dependente químico ela pode procurar a Secretaria Municipal de Saúde. E se houver uma criança ociosa, pode ser encaminha para a rede sócio-assistencial, como uma escolinha de futebol ou oficina cultural.

Giovana ainda destacou a importância da formação cidadã para essas pessoas. “Porque ganham condições para ter um futuro melhor, principalmente a partir da qualificação profissional”.

 

 

registrado em: