Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Junho / 28 / Prefeito apresenta projetos para a educação no governo estadual

Educação

Prefeito apresenta projetos para a educação no governo estadual

Edinho esteve com secretária da Educação, Clélia Mara Santos, em audiência com Secretário de Estado, Rossiele Soares da Silva
98822492-0ed4-4c4c-81ea-431962d157d3.jpg

 

 

Em audiência com o secretário de Estado da Educação, Rossiele Soares da Silva, nesta quinta-feira (27), em São Paulo, o prefeito Edinho e a secretária Municipal da Educação, Clélia Mara Santos, apresentaram projetos que visam a ampliação de vagas nas unidades de educação infantil no município. Estiveram também presentes a Coordenadora Executiva de Gestão da Secretaria Municipal da Educação, Maria do Carmo Boschiero; a Coordenadora Técnica, Viviane Cereda, e o assessor da Secretaria Regional de Desenvolvimento do Estado, Ronaldo Daher.

“Uma reunião bastante positiva”, destacou o prefeito, que apresentou dados sobre a crescente demanda das unidades educacionais, em especial na modalidade Educação Infantil, em função do desenvolvimento e concentração populacional em determinadas regiões da cidade.

“Nosso objetivo é contar com a parceria do Governo do Estado, dentro do programa Creche Escola, para que possamos ampliar e construir unidades com vistas a oferecer melhor atendimento às crianças já matriculadas, uma vez que muitos dos nossos CERs (Centros de Educação e Recreação) estão trabalhando em sua capacidade máxima, além de dar melhores condições de trabalho aos funcionários, bem como atender à crescente demanda de novas vagas”, pontuou.

Os projetos, num primeiro momento, contemplam a ampliação das unidades do Adalberto Roxo (CER Professor Doutor José Alfredo Amaral Gurgel) e do Jardim Indaiá (CER Maria Apparecida de Azevedo Bozutti) e a construção de um CER na região do Jardim América, onde há uma grande demanda em virtude dos novos empreendimentos imobiliários.   

Segundo o prefeito, o secretário se mostrou bastante sensível às demandas apresentadas por Araraquara. “Imediatamente colocou todos os projetos para a análise técnica”, disse.

 

Educação no Valle Verde

O prefeito aproveitou a oportunidade para reforçar, junto ao secretário, a necessidade de o Governo do Estado dar prosseguimento ao convênio de R$ 2,6 milhões para a construção do Centro de Educação e Recreação no Residencial Valle Verde, autorizado no ano passado. Na época, João Cury Neto, então secretário da Educação do Estado esteve em Araraquara para dar ordem de serviço para construção de uma EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) e anunciar o convênio para a unidade de educação infantil, num investimento de R$ 12 milhões.

Naquela região, onde 22 mil famílias foram concentradas na administração passada, outras quatro unidades (3 CERs e 1 EMEF) estão já sendo construídas a partir de convênio entre Prefeitura e Caixa Econômica Federal, conquistadas pelo Prefeito Edinho. O investimento na educação foi eleito como prioridade pela população no Orçamento Participativo.

“A região precisa muito. É a realização de um sonho. Todos sabem que são 22 mil pessoas morando nesta região e sem equipamento público. Estamos buscando corrigir essa injustiça”, explicou Edinho.

 

OP

 

O prefeito Edinho tem buscado, seja com recursos próprios do município, convênios federais,  ou de contrapartida de empresas, ampliar as vagas e melhorar o atendimento às crianças nas unidades de educação infantil. Das obras do Orçamento Participativo, por exemplo, são 6 os CERs que passam por reforma e ampliação.

Estão em obras o CER José Pizani, os CERs Maria Enaura Malavolta Magalhães, Honorina Comelli Lia, Carmelita Garcez I, Leonor Mendes de Barros e Rosa Ribeiro Stringhetti. A reforma no CER Rosa Broglio Zanin, no Jardim Iedda, aguarda os recursos do governo federal do convênio assinado no ano passado para a reforma.

As obras do CER José Pizani, no Yolanda Ópice, estão avaliadas em R$ 917 mil e serão feitas com recursos próprios da Prefeitura. Esta demanda foi eleita na Região 8 do OP 2017.

A ampliação do CER Maria Enaura Malavolta Magalhães, no Vale do Sol, é uma demanda do OP 2017 (Região 1). Avaliada em R$ 800, é uma contrapartida da empresa Vitta Residencial Incorporadora e Construtora, por empreendimentos imobiliários do grupo na cidade.

Também eleita no OP 2017, na Região 2,  a obra de ampliação do CER Honorina Comelli Lia, no Jardim Imperador, avaliada em R$ 506,6 mil, é uma outorga onerosa da empresa Espaço Nobre Construtora e Incorporadora Ldta. A mesma outorga onerosa da empresa já havia garantido a conclusão do PSF e Centro de Convivência do Jd. Marivan.

No caso da reforma e ampliação do CER Carmelita Garcez I, no São José, foi a região 4 do OP 2017 que a elegeu como prioridade. O CER possui hoje 483,13 m² de área construída e ganhará mais 434,93 m² após as obras, avaliadas em cerca de R$ 1.4 milhão, uma contrapartida das empresas do mesmo grupo Vitta Residencial e Bild Desenvolvimento Imobiliário, por empreendimentos da construtora.

 

Outra obra da Educação garantida no OP é a reforma e adequação do CER Leonor Mendes de Barros, no Centro, eleita também em 2017, na plenária da Região 5. O CER é o mais antigo da cidade, com quase 80 anos. Avaliada em quase R$ 700 mil, também é uma contrapartida da empresa Vitta Residencial Incorporadora e Construtora, pelo empreendimento Vitta Campus Ville. A reforma geral do CER já havia sido aprovada em 2011, porém não foi executada; em 2012, foi entregue apenas a cobertura da quadra.

As crianças que frequentam o CER Rosa Ribeiro Stringhetti, no Jardim América, também se beneficiaram das demandas da educação atendidas pelo OP; outra contrapartida da empresa Bild Desenvolvimento Imobiliário, grupo da Vitta Residencial. O valor do investimento gira em torno de R$ 654 mil.

As obras nestes CERs incluem desde reforço de fundação, até substituição de piso, melhorias nas instalações hidráulica e elétrica, sistema de drenagem e de  iluminação pintura , construção de novas salas, berçários, banheiro, pátio, além de implementação de elementos de acessibilidade e de segurança, banheiros, sala de recreação, pátio, berçário e lactário. Os projetos contemplaram as demandas dos responsáveis pelas unidades.

Outra obra na Educação, necessária para prevenção a acidentes com escorpiões, ocorre no CER Cyro Guedes Ramos, do Santa Angelina. As obras são resultado de permuta de área institucional do condomínio residencial Volpi, da empresa NR Construtora, e têm investimento de aproximadamente R$ 400 mil. Toda a tubulação de água e esgoto foi trocada com objetivo de impedir que escorpiões tenham acesso ao prédio.

Em parceria com o governo federal estão sendo construídas 3 CER (Centro de Educação e Recreação), na região do Valle Verde, e mais um escola de ensino fundamental, atendendo a demanda prioritária da região, que escolheu educação.

 

registrado em: ,