Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Junho / 28 / Prefeito participa de solenidade dos 61 anos do 13º Batalhão da Polícia Militar

Segurança

Prefeito participa de solenidade dos 61 anos do 13º Batalhão da Polícia Militar

Evento comemorativo foi realizado na manhã desta sexta-feira (28); 13º BPM/I é responsável pelo policiamento de 21 cidades da região
foto01 Prefeito Edinho participa da solenidade dos 61 anos do 13º BPMI 28jun19 Tetê Viviani.jpg
 


O prefeito Edinho participou da solenidade de aniversário de 61 anos do 13º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), na manhã desta sexta-feira (28), em evento na subsede do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, no bairro do Quitandinha.

A solenidade contou com a entrega da Medalha Comemorativa ao Cinquentenário do 13º BPM/I a autoridades militares, da ativa e da reserva, e a representantes de instituições e da sociedade civil, como agradecimento pelos serviços prestados.

“A história de uma instituição é feita pelas pessoas que se dedicam, intensamente, durante o dia a dia. Como prefeito, fica o meu reconhecimento ao 13º BPM/I e a todas as mulheres e os homens que contribuíram para essa história e trabalham na garantia da segurança pública”, afirmou o prefeito Edinho.

O comandante do 13º BPM/I, tenente-coronel Adalberto José Ferreira, agradeceu a todos os homenageados pelos serviços prestados e a toda a corporação pelo convívio diário. “Se não existem comandados, não existe comando”, ressaltou. “Todos nós devemos trabalhar pela comunidade. A polícia tem que estar onde o povo está”, destacou Adalberto.

Representando a Câmara Municipal, o vereador Tenente Santana (MDB) lembrou que trabalhou por 24 anos na Polícia Militar de Araraquara. “A gente servia o 13º BPM/I com muito orgulho. É um Batalhão que presta serviço de excelência. A Câmara está junto com o 13º BPM/I para melhorar a segurança da nossa população”, afirmou o parlamentar.

Ainda estiveram no evento o comandante do CPI-3 (Comando de Policiamento do Interior), coronel Carlos Alberto Machado; os vereadores Magal Verri (MDB) e Elton Negrini (PSDB); o secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior; o presidente da Sociedade Veteranos de 1932 (MMDC), coronel Mário Fonseca Ventura; prefeitos de municípios da região; entre outras autoridades militares e civis.

História
Em 17 de junho de 1958, a 4ª Companhia Independente de Policiamento, criada em 1950, obteve a elevação a Batalhão de Polícia, sendo denominado 1º Batalhão de Caçadores, com atribuição sobre a região que se estendia de Araraquara a São José do Rio Preto.

Em 1961, com nova nomenclatura, o 13º Batalhão Policial da Força Pública de São Paulo passou a ocupar a atual sede, na Rua Jorge Biller Teixeira, 519, na Vila Ferroviária.

Por força do cumprimento do Decreto Lei 217, de 8 de abril de 1970, o Governo Estadual criou a Polícia Militar do Estado de São Paulo, através da unificação da Força Pública com a Guarda Civil do Estado de São Paulo.

Nesse contexto, o então 13º Batalhão Policial da Força Pública passou a ser denominado 13º Batalhão da Polícia Militar do Interior do Estado de São Paulo, exercendo atividades de policiamento, de fiscalização de trânsito, de combate ao crime e salvando vidas.

O 13º BPM/I reúne cinco Companhias em 19 municípios. Em Araraquara estão a 1ª e a 3ª Companhias — a 1ª Cia atende as áreas do 2º e 4º DP de Araraquara, Boa Esperança do Sul, Gavião Peixoto e Trabiju, enquanto a 3ª Cia atende as áreas do 1º e 3º DP de Araraquara, Américo Brasiliense, Santa Lúcia, Rincão, Bueno de Andrada e Taquaral.

O Batalhão é responsável pelo policiamento preventivo e ostensivo de 21 localidades: Araraquara, Boa Esperança do Sul, Gavião Peixoto, Trabiju, Taquaritinga, Itápolis, Cândido Rodrigues, Fernando Prestes, Américo Brasiliense, Santa Lúcia, Rincão, Bueno de Andrada, Taquaral, Matão, Dobrada, Motuca, Santa Ernestina, Ibitinga, Borborema, Tabatinga e Nova Europa.

 

 

 

 

 

registrado em: ,