Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Maio / 31 / Território da Arte promove workshop de Arte Gestacional na Maternidade Gota de Leite

Cultura

Território da Arte promove workshop de Arte Gestacional na Maternidade Gota de Leite

Itaiana Battoni realiza vivência artística com gestantes, doulas e equipe de funcionárias (fotos: Lucas Tannuri)
Arte Gestacional 2 foto Lucas Tannuri.jpg

 

Na manhã desta sexta-feira, 31 de maio, a programação do 16º Território da Arte de Araraquara promoveu o workshop Arte Gestacional, com a artista Itaiana Battoni, na Maternidade Gota de Leite. Participaram onze gestantes atendidas na maternidade, além de funcionárias da instituição e duas doulas.

A artista desenha e pinta barrigas de gestantes, com um trabalho incrível, repleto de cores, significados e sentimentos. “Retratar a vida enquanto ainda está sendo gerada no útero é uma experiência única e muito especial, tanto para quem recebe, como para quem realiza a pintura”, comenta a artista. “O objetivo do workshop foi proporcionar uma aproximação entre equipe e gestantes através da arte, com mais empatia, conexão e relaxamento, num momento especial”.

Arte Gestacional 5 foto Lucas Tannuri.jpg

Através de técnicas de desenho e pintura, juntamente com a imaginação da gestante, Itaiana “visualiza” o bebê, “concretizando” assim sua presença e promovendo um momento de relaxamento e conexão entre mamãe e bebê.

Itaiana Battoni dedica-se ao desenho desde 1993 e, a partir de 2005, ministra aulas de desenho artístico em Araraquara. Em 2012 se encantou pelo parto humanizado e fez uma série de desenhos sobre o tema. No ano seguinte, a pedido de uma amiga, realizou a primeira Arte Gestacional e, em 2014, pode vivenciar seu próprio parto humanizado. Apaixonada pelo universo da humanização, foi convidada a ilustrar o livro “Filhos da Primavera- Histórias de Parto”, lançado em 2015 e após essas experiências tornou-se doula.

Arte Gestacional 1 foto Lucas Tannuri.jpg

No workshop realizado no Território da Arte, Itaiana iniciou com uma apresentação teórica sobre Arte Gestacional e, ainda, falou sobre o uso dos materiais, o processo criativo, o desenho do bebê e a transferência da pintura para o tecido. Na parte prática, realizou uma demonstração da pintura.

Além das gestantes atendidas na maternidade, o workshop possibilitou a vivência artística também para uma equipe de funcionárias e doulas que atendem gestantes. Vale destacar que esta foi a segunda participação de Itaiana na Gota, na programação do Território 2019 (a atividade também foi realizada na semana passada, com outras profissionais e gestantes).

A psicóloga e doula Naeli Simoni de Castro participou da atividade, o que já era um desejo seu antigo. “Participar do evento foi um presente coletivo para mulheres trabalhadoras da saúde e também para mães, que gestam seus bebês. Como doula e psicóloga, percebo a Arte Gestacional como uma importante ferramenta que pode proporcionar a elaboração da gestação, do bebê idealizado frente às características que permeiam o bebê real, como despedida de uma mulher que gesta para a maior transformação que possa lhe ocorrer, entre outras elaborações possibilitados ao ‘delinear o gestado/a, colorir’ e despedir para deixar chegar o novo, do outro, de si”, apontou.

Arte Gestacional 4 foto Lucas Tannuri.jpg

Para Itaiana, foi muito gratificante realizar esse workshop na Gota. “Fiquei feliz com o resultado, as pinturas ficaram lindas! Que essa arte se multiplique através dos profissionais que trabalham na Gota e cada vez mais mulheres possam sentir esse carinho”, estimulou.

Vale destacar que a obra de Itaiana pode ser conferida na exposição “Visualidades na/para/da/com a Maternidade e Paternidade Contemporâneas”, em cartaz até o próximo dia 08 na Biblioteca Municipal Mario de Andrade. A exposição retrata a visão de quarto artistas contemporâneos sob o viés do olhar sobre suas obras antes e depois de terem a experiência com a chegada de suas filhas e filhos. Os artistas apresentam produções de períodos anteriores e/ou posteriores à maternidade e paternidade, oportunizando reflexões de como a visualidade transformou-se após o nascimento dos filhos. Além de Itaiana, a exposição conta com obras de Rodrigo Bueno, Lucas Tannuri e Lívia Martucci.

Arte Gestacional 6 foto Lucas Tannuri.jpg

Com o tema “Conexões Possíveis”, o 16º Território da Arte de Araraquara vem sendo realizado fundamentando em alguns ciclos de vida, de criação e de oportunidades, envolvendo conexões possíveis entre a visualidade e suas relações com: a primeiríssima infância até a terceira idade, as técnicas tradicionais até as mais digitalizadas e os espaços públicos até o mercado das artes. A programação é totalmente gratuita e pode ser acompanhada no site da Prefeitura de Araraquara ou pelo evento criado no Facebook (XVI Território da Arte de Araraquara).

registrado em: ,