Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Março / 13/03 / Palco Aberto e artistas da cidade agitam programação cultural do Congresso Internacional de Democracia Participativa

Comunicação

Palco Aberto e artistas da cidade agitam programação cultural do Congresso Internacional de Democracia Participativa

DJ, Palco Aberto e talentos da cidade: apresentações gratuitas têm início às 16 horas
Marcio Rocha 2.jpg

 

A programação cultural do 1º Congresso Internacional de Democracia Participativa, no segundo dia, sexta (15 de março), reúne DJ, Palco Aberto e talentos da cidade. As atividades se iniciam às 16 horas gratuitamente e seguem até à noite, basta chegar e participar.

O DJ Micheletti, do Coletivo Tocaya, abre a programação às 16 horas, com seu balanço sonoro que tem movimentado diversas festas, com repertório voltado à música brasileira. O som dançante de Micheletti segue até às 18 horas e, na sequência, começa o “Palco Aberto” – um espaço com microfone aberto e democrático para quem quiser realizar sua performance, na linguagem artística preferida. Vale cantar, declamar poesia, expor uma ideia, encenar uma história... enfim: a criatividade do participante é que determina a participação. O placo estará aberto aos interessados.

A sexta-feira cultural se encerra com a apresentação de artistas de Araraquara, selecionados por meio de um edital da Secretaria Municipal da Cultura e a Fundart que focou em trabalhos autorais e independentes e que dialogassem com as vertentes da economia criativa.

As apresentações terão início às 18 horas. A intervenção teatral "Passageiro do Mundo", com o ator Rhian dos Santos e a direção de Marcela Barbosa, é um dos projetos selecionados. A base da apresentação é o poema homônimo do escritor araraquarense Tadeu Marcato. A intervenção utiliza o "Teatro do Invisível", de Augusto Boal, para descrever a vida do trabalhador e sua falta de tempo para a formação política, para cuidar da família e de si próprio.

Utilizando história e ideais, a intervenção apresenta, de maneira didática, as contradições na vida do trabalhador, e estimula o público a refletir sobre realidades que precisam ser modificadas. A apresentação convida o público a assistir o cotidiano de um trabalhador, provocando reflexões e questionamentos na plateia.

Também Binho Noise integra a programação com apresentação musical. Em sua performance, Binho Noise incorpora várias vertentes musicais, com melodias, toques e timbres que abrangem o Hip Hop universal. Em dupla com Alf Dee, conceituado DJ paulistano, Binho Noise traz sua batida groove, boombap... indo do jazz ao trap em uma performance eclética e enérgica. O rapper já dividiu o palco com Rappin Hood, MV Bill, Black Alien, Afrika Bambaataa e diversos outros nomes do Hip Hop, reggae e música eletrônica.

O músico Márcio Rocha encerra a programação da sexta, com o show "No Blues até os Ossos". A apresentação musical traz composições de Márcio Roha, no formato voz e guitarra, com referências nos antigos "bluesmen" do Mississipi. Vale destacar que Márcio Rocha foi "fisgado" pelo blues no início da década de 90 e desenvolveu seu estilo tocando riffs marcantes e bends intensos.

 

SERVIÇO:

Congresso Internacional de Democracia Participativa – atividades culturais

Data: sexta-feira (15 de março)

Local: CEAR – Centro Internacional de Convenção

 

Horários:

16h às 18h: DJ Micheletti - Integrante do Coletivo Tocaya

18h: Palco Aberto + apresentações:

- Intervenção teatral "Passageiro do Mundo", com o ator Rhian dos Santos e a direção de Marcela Barbosa

- Apresentação musical com Binho Noise e DJ Alf Dee

- Show "No Blues até os Ossos" com Márcio Rocha

 

Grátis – sem necessidade de retirar ingresso