Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Março / 15 / Apresentação de trabalhos marca segundo dia do Congresso Internacional de Democracia Participativa

Comunicação

Apresentação de trabalhos marca segundo dia do Congresso Internacional de Democracia Participativa

Trabalhos foram apresentados por professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, técnicos de entidades e organizações da sociedade civil, participantes de movimentos sociais e de conselhos
foto04 Grupo de Trabalho no Congresso Internacional de Democracia Participativa 15mar19 Tetê Viviani.jpg

 

  

A primeira edição do Congresso Internacional de Democracia Participativa: Participação Popular e Economia Solidária, que acontece até sábado (16) no Cear - Centro Internacional de Convenção, contou com a apresentação de 45 trabalhos na tarde desta sexta-feira (15).

Os trabalhos foram apresentados por professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, técnicos de entidades e organizações da sociedade civil, participantes de movimentos sociais e de conselhos municipais e trabalhadores de empreendimentos da economia solidária (cooperativas, associações, grupos informais).

A seleção foi feita pelos professores e coordenadores dos Grupos de Trabalho (GT) do congresso, e os trabalhos foram divididos em três diferentes GTs: ‘Avanços e desafios de novas formas de participação política: Participação popular’; ‘Possibilidades e organização da economia social, solidária e criativa’; e ‘Movimentos Sociais e Desenvolvimento Territorial na atualidade’.

Os GTs tiveram a coordenação, respectivamente, dos professores Carla Gandini Giani Martelli e Lucileia Aparecida Colombo, do Grupo de Estudo e Pesquisa Participação e Democracia da Faculdade de Ciências e Letras (FCL) da Unesp Araraquara; Leandro Pereira Morais e Sergio Azevedo Fonseca, do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Economia Solidária, Criativa e Cidadania da FCL, Wagner de Souza Leite Molina, do Núcleo Multidisciplinar Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária da UFSCar; Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante, Dulce Consuelo Andreatta Whitaker e do doutorando Osvaldo Aly Junior, do Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural da Uniara.   

Foram aceitos trabalhos científicos, relatos de experiências técnicas e também relatos de experiências populares.

O Congresso Internacional, que teve início na quinta-feira (14), termina neste sábado com a realização de três mesas temáticas, atividades culturais, feira de economia solidária e assinatura da Carta pela Democracia.

O objetivo é promover o debate, a reflexão e a troca de experiências entre poder público, sociedade civil organizada, universidades e demais instituições a respeito da participação popular e economia social e solidária na contemporaneidade.

O evento é uma realização da Prefeitura de Araraquara com apoio do Sesc, Unesp, Uniara e Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais.