Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Outubro / 15 / Mês Municipal da Cidadania LGBTQIA+ tem exposição na Câmara Municipal

Planejamento

Mês Municipal da Cidadania LGBTQIA+ tem exposição na Câmara Municipal

“Recordar é resistir” tem início nesta quarta-feira, 16 de outubro, no saguão da Câmara Municipal
Mes Municipal da Cidadania LGBT.jpeg

 

A exposição “Recordar é resistir” tem início nesta quarta-feira, 16 de outubro, no saguão da Câmara Municipal. A atividade faz parte programação do Mês Municipal da Cidadania LGBTQIA+, instituído por meio da Lei Municipal 8546/2015, e segue em exposição até o dia 31 deste mês, com o apoio da Câmara Municipal, por meio do mandato da vereadora Thainara Faria. A programação do Mês da Cidadania LGBTQIA+ é uma realização da Assessoria Especial de Políticas LGBTs.

“Recordar é resistir” reúne fotos, jornais e documentos que contam a história do movimento LGBT desde sua consolidação em 1969. Foi em 28 de junho de 1969, no Stonewall Inn, em Greenwich Village nos Estados Unidos, que começa a rebelião que lançaria as bases para o movimento pelos direitos LGBT nos Estados Unidos e no mundo.

O episódio, conhecido como Stonewall Riot (ou Rebelião de Stonewall), teve duração de seis dias e foi uma resposta às ações arbitrárias da polícia, que rotineiramente promovia batidas e revistas humilhantes em bares gays de Nova Iorque.

O episódio é considerado o marco zero do movimento LGBT contemporâneo e, por isso, é comemorado mundialmente em 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBT. Uma data para celebrar vitórias históricas, mas também para relembrar que ainda há um longo caminho a ser percorrido. Vale lembrar que, no Brasil, de acordo com os dados de 2016 do Grupo Gay da Bahia, um LGBT é assassinado a cada 24 horas.

Nesta semana, a programação do Mês da Cidadania LGBTQIA+ também realiza: na quinta-feira (17) a eleição de composição do Conselho Municipal LGBTQIA+. Atividade tem início às 19 horas no Centro de Referência e Resistência LGBTQIA+ e é uma forma de garantir a participação de todos segmentos do movimento social na construção da política pública.

O documentário “Morada das Ixtranhas” será lançado no sábado (19), a partir das 19 horas, na Biblioteca Municipal Mario de Andrade. Gravado de forma independente, o documentário conta a vivência do dia a dia das pessoas que compõem o coletivo de arte Casixstranha.

A programação do Mês da Cidadania LGBTQIA+ segue com diversas atividades neste mês e será finalizada com a realização da 10ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIA+, celebrando a história de luta e resistência durante os 50 anos de movimento LGBT. A Parada acontece no dia 27, com concentração a partir do meio-dia no Parque Infantil, na região central de Araraquara.

Toda a programação é gratuita. Vale lembrar que o Centro de Referência e Resistência LGBTQIA+ está localizado na Avenida Espanha, 536, no Centro de Araraquara.

 

 

Programação desta semana - Mês Municipal da Cidadania LGBTQIA+

 

16/10 – Abertura da exposição “Recordar é resistir” - Câmara Municipal (até 31/10)

 

17/10 – 19h: eleição de composição do Conselho Municipal LGBTQIA+ - Centro de Referência e Resistência LGBTQIA+

 

19/10 – 19h: lançamento documentário “Morada das Ixtranhas” - Biblioteca Municipal Mario de Andrade

 

 

Grátis

 

·         Centro de Referência e Resistência LGBTQIA+: Avenida Espanha, 536 - Centro

 

 

registrado em: ,