Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Outubro / 22 / Estádio da Fonte Luminosa completa 10 anos de sua remodelação

Esportes

Estádio da Fonte Luminosa completa 10 anos de sua remodelação

Parte da estrutura antiga foi demolida e o estádio foi praticamente reconstruído. O parque aquático e a quadra em frente ao estádio também foram remodelados
Arena da Fonte foi inaugurada em outubro de 2009

O Estádio da Fonte Luminosa completa nesta terça-feira (22) seus dez anos de reinauguração. Uma ampla reforma que transformou o estádio construído em 1950, pela Associação Ferroviária de Esportes, na mais moderna arena multiuso do interior do Estado de São Paulo.

Além de sediar as partidas da Ferroviária, a Arena da Fonte Luminosa também já recebeu jogos de equipes grandes de São Paulo, edições do Campeonato Paulista, da Copa Paulista, da Copa São Paulo de Futebol Júnior, do Brasileirão da Série D, do Paulista e do Brasileiro de Futebol Feminino, campeonatos amadores, shows musicais, eventos culturais e outras atrações.

Mas a história do novo estádio começou antes, em 2004, quando a participação da Prefeitura, no primeiro mandato do prefeito Edinho, evitou que a Fonte Luminosa fosse a leilão. “Eu fui muito criticado na época, porque tivemos de vender o antigo Estádio Municipal para o Clube Araraquarense e, com o dinheiro que adquirimos, salvamos a Fonte Luminosa. Eram mais de 40 pedidos de penhora da Fonte Luminosa”, afirma Edinho.

O prefeito lembra que, entre o final de 2006 e o início de 2007, apresentou um projeto de reforma do estádio para o Ministério dos Esportes. Durante a tramitação do projeto, até 2008, R$ 20 milhões foram liberados pelo Governo Federal e outros R$ 5 milhões foram adquiridos para a obra junto ao Funcef.

Em 2008, no final do segundo mandato de Edinho, foi feita a licitação e começaram as obras para que o estádio fosse transformado em uma arena multiuso. Parte da estrutura antiga foi demolida e o estádio foi praticamente reconstruído. O parque aquático e a quadra em frente ao estádio também foram remodelados.

“Foi um ano de muitas obras. No final do ano, quando eu estava saindo da Prefeitura, a parte das arquibancadas estava muito avançada, o campo estava praticamente feito, mas ainda teve obras durante 2009”, afirma Edinho. A construção da Arena da Fonte foi terminada no mandato do ex-prefeito Marcelo Barbieri, que convidou Edinho para a cerimônia de reinauguração.

A partida festiva de reabertura do estádio, em 22 de outubro de 2009, recebeu 21.254 pessoas, um recorde de público para acompanhar a vitória da Ferroviária sobre o Ituano por 2 a 1, pela Copa Paulista. O lateral-esquerdo afeano Fernando Luís fez o primeiro gol da nova Arena da Fonte. Daniel Faria empatou para o Ituano, mas Joel marcou o gol da vitória grená, para alegria da torcida.

“É uma arena referência no Brasil. Foi a primeira arena multiuso padrão Fifa do Brasil. Foi um processo emocionante ver a Fonte Luminosa se transformar em um estádio tão moderno. Jamais vou esquecer tudo isso e toda a emoção que senti no dia da reinauguração”, conclui Edinho.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

registrado em: ,