Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Setembro / 16 / Arrastão contra dengue recolhe quase 9 toneladas de inservíveis da região do Hortênsias

Saúde

Arrastão contra dengue recolhe quase 9 toneladas de inservíveis da região do Hortênsias

As equipes trabalharam nos quintais das residências e terrenos baldios e lotaram 12 caminhões de material inservível
bairros-recebem-arrastao-contra-a-dengue-yhNQ.jpg

 

 

As equipes de vetores da Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal da Saúde, recolheram 8,85 toneladas de material inservível no arrastão contra a dengue realizado no último sábado (14). A ação abrangeu os bairros Jardim das Hortênsias, Jardim Palmeiras, Jardim Palmares, Jardim Paulista, Jardim Residencial Água Branca, Jardim das Paineiras e Jardim Dumont. 

Cerca de 200 pessoas lotaram 12 caminhões, no período da manhã. Elas circularam pelas ruas avenidas e realizaram uma varredura para retirar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti dos quintais das residências e terrenos baldios.

Os moradores também receberam orientações sobre os cuidados necessários para prevenir a proliferação de larvas do mosquito.

De acordo com boletim divulgado nesta segunda-feira (16) pela Vigilância, que continua a atualização do sistema com notificações de meses anteriores, Araraquara possui 20.843 casos positivos de dengue em 2019, sendo que 2.092 foram descartados e outros 383 são inconclusivos.

Além dos arrastões aos sábados, a Vigilância mantém ações diárias de combate à dengue pelo município. Nesta segunda, é realizada a aplicação de inseticida no bairro do Cecap, por meio de nebulização casa a casa. Ações de bloqueios para aplicação de larvicidas são realizadas no Melhado.

Já as atividades de rotina são realizadas no Yolanda Ópice, Santa Júlia e Martinez.

A colaboração da população é fundamental em todas as ações. As equipes de agentes de endemias estão devidamente uniformizadas com crachá de identificação.

Denúncias de imóveis abandonados também podem ser realizadas pelo telefone da Ouvidoria da Vigilância Epidemiológica pelo 0800-774-0440 ou através do Whatsapp da Prefeitura – (16) 99760-1190. Moradores que não permanecem em casa para receber as equipes podem agendar uma visita pelo telefone da ouvidoria.

registrado em: ,