Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Abril / 14 / Máscaras, luvas e lenços usados devem ser descartados no lixo comum

Urbano

Máscaras, luvas e lenços usados devem ser descartados no lixo comum

Materiais não devem ser descartados em lixo reciclável para evitar contaminação de catadores
92231301_2803614363020769_3075774424541036544_o.jpg

 

 

 

A população não deve descartar no lixo destinado à coleta seletiva máscaras de proteção, luvas e lenços de papel usados. Além de não serem recicláveis, esses itens podem colocar em risco a saúde dos catadores, especialmente neste período de pandemia do coronavírus.

A recomendação é colocar esse tipo de resíduo num saquinho à parte, amarrá-lo bem e descartá-lo no lixo doméstico comum, como a lixeira do banheiro, para que não haja contaminação dos trabalhadores que fazem a coleta.


Se esses itens forem misturados aos recicláveis, terão que ser descartados manualmente pelos coletores, sujeitando-os à contaminação não apenas pelo coronavírus, mas também por outros vírus e bactérias nocivos à saúde.

A mesma orientação serve para o descarte de frascos e sondas de alimentação enteral, utilizadas em residência por pessoas que precisam desse tipo de dieta. Todos esses materiais não são recicláveis e devem ser descartados no lixo comum.

 

Materiais recicláveis que podem ser destinados à coleta seletiva:

- Papéis: jornais, revistas, caixas, papelão, folhas de caderno, cartolinas, cartões, envelopes, fotocópias, folhetos e impressos em geral

- Plástico: tampas, potes de alimentos, frascos, utilidades domésticas, embalagens de refrigerante, garrafas de água mineral, recipientes para produtos de higiene e limpeza, PVC, tubos e conexões, peças de brinquedos, engradados de bebidas e baldes

- Vidros: tampas, potes, frascos, garrafas de bebidas, copos e embalagens

- Metais: latas de alumínio, latas de aço, tampas, ferragens, canos, esquadrias e molduras de quadros

 

registrado em: , ,