Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Julho / 31 / Plano São Paulo: Estado mantém Araraquara na fase amarela

Saúde

Plano São Paulo: Estado mantém Araraquara na fase amarela

Regras da fase amarela estão sendo debatidas no Comitê de Contingência do Coronavírus e serão publicadas nos Atos Oficiais do Município
9-balanco-plano-sp-31072020.jpg

 

 

 

 

O Governo do Estado de São Paulo manteve o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Araraquara na fase amarela na nona atualização de fases do Plano São Paulo, anunciada nesta sexta-feira (31). Desde de 1º de junho, o Plano São Paulo vem estabelecendo o ritmo da retomada econômica nos municípios paulistas, a partir da divisão das DRS e sub-regiões em fases - vermelha, laranja, amarela, verde e azul – e a análise de indicadores que mostram a evolução da doença e a capacidade hospitalar  das regiões.

O DRA de Araraquara foi reclassificado na fase amarela na atualização divulgada na sexta-feira passada, dia 24 de julho. Esta fase permite abertura de bares, restaurantes e simulares, salão de beleza, academias, comércio e shopping centers, com restrições, incluindo 6 horas diárias de tempo de funcionamento, capacidade limitada nos espaços, uso obrigatório de máscaras em todos os espaços e adoção de protocolos geral e específico para cada setor.  

Desde o anúncio da reclassificação, integrantes do Comitê de Contingência do Coronavírus do Município tem se reunido com o prefeito Edinho e representantes de diferentes setores econômicos da cidade para elaborar o texto do decreto municipal que estabelecerá novas regras e protocolos sanitárias a serem adotados pelos estabelecimentos comerciais nessa nova fase.

Este documento será publicado nos Atos Oficiais no início da próxima semana, quando expira o decreto que prorrogou a quarentena no município até dia 4 de agosto.

 

INDICADORES

 

A manutenção na fase amarela se deu com base no bom desempenho do DRS de Araraquara nos indicadores que avaliam a capacidade hospitalar dos 24 municípios que o compõem. O DRS de Araraquara tem 46,5% de taxa de ocupação de leitos de UTI/Covid e 10,7 leitos por Covid por 100 mil habitantes, ambos com classificação verde.

No quesito evolução da epidemia, a variação do número de casos está em 1,71, com classificação amarela. A variação no número de internações é 1,18 e a variação no número de óbitos é 1,55, ambos na classificação laranja.

De acordo com dados do boletim diário do Comitê de Contingência do Coronavírus, hoje, no município de Araraquara, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 40% e de leitos de UTI é de 27%.

A secretária municipal da Saúde, Eliana Honain, enfatiza que os números referentes à capacidade hospitalar são ainda mais positivos quando se leva em conta somente a situação do município de Araraquara.

“Temos utilizado a internação preventiva como estratégia no tratamento da Covid-19 na cidade, justamente para evitar complicações decorrentes da doença e evitar óbitos. E também estamos mantendo a taxa de testagem em alta. O que tem dado resultado. Quando avaliamos a taxa de internação, podemos observar que a maioria está em enfermaria, ou seja, são casos mais leves, ou seja, estamos conseguindo evitar complicações dos quadros clínicos e isso se reflete na avaliação do Plano São Paulo”, afirma a secretária municipal da Saúde. “Temos que continuar trabalhando e precisamos contar com a população de Araraquara no cumprimento da quarentena e na atenção às medidas de prevenção que podem conter o avanço da doença: é isolamento social para grupo de risco e máscara, higienização das mãos e distanciamento social para quem precisa sair para trabalhar”, conclui ela.

Araraquara possui hoje 1.884 casos confirmados de Coronavírus e 19 óbitos decorrentes da doença. No Estado de São Paulo, são 542.304 casos de Coronavírus e 22.997 óbitos decorrentes da doença.

registrado em: , ,