Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Junho / 19 / Educação entrega kits de material escolar e didático na área rural

Educação

Educação entrega kits de material escolar e didático na área rural

Ação poupou as famílias de irem até a zona urbana nessa época de pandemia da COVID-19 e motivou as crianças a desenvolverem suas atividades escolares
entrega material 2.jpg

 

 

 

A Secretaria Municipal da Educação iniciou, nesta semana, a entrega dos kits de material escolar e didático para os alunos do 1º ao 9º ano do ensino Fundamental. Na manhã da última quinta-feira, 18 de junho, a entrega foi realizada para parte dos estudantes da EMEF Olga Ferreira Campos que mora na área rural.

 

Uma equipe da escola, liderada pela diretora Maria José da Silva Júlio, foi até a região do Banhadinho, onde foi realizada a entrega dos kits a 31 alunos moradores dessa região e também de Bocaiúva e Lageado. "Nós organizamos um cronograma para fazer a entrega dos materiais na escola. Como temos 65 alunos da área rural, pensamos em trazer para facilitar um pouco, não tendo a necessidade do deslocamento das famílias para a zona urbana, pois temos que evitar a movimentação. Conseguimos organizar com o apoio da Secretaria Municipal da Educação, o transporte, e então separamos os kits e viemos juntos. Essa é uma importante ação para família e também para nós conhecermos o local onde vivem nossos alunos", explicou.

 

A diretora conta que a ação também é importante para levar um pouco da rotina da escola, para manter viva a questão do ensino-aprendizagem e para as crianças não se desligarem completamente do que é estudar. Ela conta que os professores da escola estarão orientando as atividades do material pelo WhatsApp, diariamente. "É uma forma de estarmos mais conectados às nossas crianças, mantendo viva essa chama da aprendizagem".

 

“Nesse período de suspensão das aulas presenciais é de vital importância que façamos tudo o que for necessário para que os estudantes se sintam motivados a continuar aprendendo. Para que isso ocorra fora da escola e com todas as dificuldades e limitações que a situação atual nos impõe, levar materiais escolares e didáticos para dentro da casa do estudante é vital”, defende a Secretária Municipal da Educação, Clélia Mara dos Santos. No entanto, ela reforça que para que a ação seja efetiva, é preciso contar com o apoio e a colaboração dos pais, mães e ou responsáveis e familiares dos estudantes. “Assim como a constante mediação, acompanhamento e proximidade da escola e dos professores são fundamentais para superar esse momento”, pontua.

Cássia Edilaine dos Santos, professora do AEE (Atendimento Educacional Especializado), lembra que "nada substitui a professora, a escola, os funcionários, a merenda, o nosso convívio do dia-a-dia. Estamos oferecendo esse kit para minimizar o que estamos enfrentando mundialmente. Na verdade, nada vai substitui a escola. A escola é um espaço de integração social, de integração que temos com alunos e famílias, e nada vai substituir esse momento".

 

A professora lembra que além do kit de material, também vem sendo oferecidos aos alunos: cestas básicas, kit de higiene e hortifrutis.

 

Os pais foram unânimes com o acerto da Secretaria Municipal da Educação em entregar o material na área rural a fim de facilitar a aquisição para as famílias das crianças. João Pedro José buscou o material de sua neta e afirmou: "A ação facilita muito porque não temos que sair daqui. A escola vem até a gente! O que a gente mais precisava era disso aqui: do material para dar continuidade aos estudos durante a pandemia", disse.

 

Willian Henrique Silva de Mello, pai da aluna Milleny Stevano Ramires de Mello, foi enfático: "Facilitou bastante e, assim, as crianças não deixam de estudar, elas dão andamento aos estudos e nós evitamos de ir para a cidade com a pandemia".

 

Já Cristiana Aparecida Venâncio Martins, mãe dos alunos Victor e Alaina Gabriele, conta que dessa maneira foi "muito melhor". "Não podemos ir à cidade e a escola trazendo aqui facilita bastante". Alaina concordou, conferiu o material e gostou bastante. "Gostei e vai ser bem usado! Vou estudar e ajudar meu irmão a estudar também", garantiu contando que está com saudade da escola. "Sinto falta dos amigos, brincadeiras, professores e até das broncas... é importante voltar às aulas, eu estou com vontade de estudar muito", assegurou.

 

A diretora Maria José está bastante satisfeita com a entrega dos kits. "A gente percebe que as crianças gostaram bastante e ficaram felizes. Acredito que farão um bom uso e as famílias também". Ela lembra que é importante que as famílias tenham em casa um local para as crianças estudarem, assim como um horário definido para que possam se organizar. "Esperamos que os pais estejam orientando e auxiliando seus filhos para que eles usem esse material de forma adequada junto com orientação e auxílio de nossos professores". 

 

De acordo com a diretora, os professores preparam uma cartinha para os pais e outra para os alunos. "Levaram uma acolhida, um carinho que, infelizmente, o distanciamento nos dificulta, então foi uma forma de aproximação também. A Secretaria da Educação também mandou uma carta informando o que contém no kit... foi tudo pensado com muito carinho", finalizou.

 

Vale destacar que, nesta sexta-feira (dia 19), a entrega dos kits será para os alunos da área rural que estudam na EMEF Eugênio Trovatti. No total, mais de 7 mil alunos da rede municipal de ensino vão receber o kit de material escolar e didático. Quem não vive em área rural deve retirar o material na própria escola, a partir do agendamento comunicado pela direção da unidade.