Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Maio / 08 / Canal Direto Especial Coronavírus: impactos emocionais em crianças e adolescentes

Saúde

Canal Direto Especial Coronavírus: impactos emocionais em crianças e adolescentes

WhatsApp Image 2020-05-08 at 18.46.11.jpeg

 

 

 

Isolamento exige novas ações de pais ou responsáveis

 

Serviço de atendimento psicológico da Prefeitura orienta sobre mudança de comportamentos em crianças e adolescentes

 

A pandemia causada pelo novo coronavírus, que obriga as pessoas a ficarem em casa para evitar a disseminação da Covida – 19, pode aumentar as tensões no âmbito familiar.

 

Isso porque a situação de isolamento social também pode provocar algumas alterações de comportamento, principalmente em crianças e adolescentes, o que requer estratégias para que eles possam se adaptar à nova realidade.

 

Um dos serviços oferecidos pela Prefeitura para combater o estresse na pandemia é o Plantão Psicólogo da Secretaria Municipal de Saúde, que de forma online e gratuita dá dicas, via telefone, sobre como controlar a situação.

 

Em entrevista ao Canal Direto – Especial Coronavírus, via Facebook da Prefeitura, na sexta-feira (8), o psicólogo Fernando Crespolini dos Santos, que atua no Espaço Crescer, afirmou que os psicólogos de plantão orientam pais ou responsáveis através do 3305-5609, para agir em meio a este momento de estresse.

 

Em relação às crianças, é preciso atuar de forma lúdica, conforme explicou Fernando, utilizando os brinquedos disponíveis em casa. Já com os adolescentes, a orientação é pelo diálogo mais direto, por ser maior a possibilidade de assimilação.

 

Maior interação

Fernando Crespolini dos Santos acrescentou ser este um bom momento para que pais e responsáveis, e as famílias de uma forma geral, aprendam a conviver de maneira mais equilibrada.

 

Por isso, é importante que jogos e brincadeiras sejam praticados entre todos os integrantes da família, que se veja um filme juntos e todos participem na organização da casa, por exemplo. “Tudo com criatividade e proatividade”, enfatizou.

 

Outra dica importante: é necessário que pais e responsáveis fiquem atentos às mudanças físicas e emocionais das crianças e adolescentes, como alterações de sono e na alimentação, além de preocupações excessivas e momentos de ansiedades e tristezas. “A partir dessas observações, é preciso escutar e agir de forma empática, saber enxergar as próprias necessidades e, principalmente, as necessidades dos outros”, resumiu.

 

Ainda de acordo com o psicólogo, o que está posto hoje é a questão do limite e de obediência às regras, embora as pessoas tenham dificuldades em entender a situação. Por isso, enquanto muitos temem a Covida-19, outros optam por se expor aos riscos.

 

Vale ressaltar que o Plantão Psicológico online da Prefeitura atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 14h às 18, através do telefone 3305-5609.

 

registrado em: ,