Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Março / 25 / Vacinação ‘drive-thru’ no NGA-3 imuniza 532 pessoas contra a gripe

Saúde

Vacinação ‘drive-thru’ no NGA-3 imuniza 532 pessoas contra a gripe

Desde o início da semana, cerca de 22 mil araraquarenses foram imunizados; por falta de vacinas, campanha será suspensa e volta na segunda-feira (30)
foto07 Vacinação de prevenção a gripe no NGA3 25mar20 Tetê Viviani.jpg

 

 

 

A vacinação contra a gripe por meio de ‘drive-thru’ atraiu centenas de araraquarenses ao NGA-3 (Núcleo de Gestão Assistencial) na manhã desta quarta (25). Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, 532 idosos e profissionais da área da saúde, que integram a primeira fase da campanha nacional, foram imunizados. E sem precisarem sair dos próprios veículos.

Uma das pessoas vacinadas foi a aposentada Maria Aparecida de Abreu, de 65 anos. “Eu achei a ideia muito boa. No posto de saúde, acaba ficando gente junta. Valeu muito a pena. Demorou um pouco por causa da grande fila, mas, se fosse no posto, também teria o mesmo tempo de espera”, avaliou.

Devido à alta procura, a fila de carros para o ‘drive-thru’ da vacina chegou a ocupar alguns quarteirões da Rua Padre Duarte (Rua 4). Guardas municipais e agentes de trânsito fizeram a organização do fluxo de veículos no local.

“O ‘drive-thru’ é uma forma de evitar aglomeração de idosos. E aqueles idosos que têm uma dificuldade de locomoção podem estar no veículo e, assim, serem vacinados sem precisarem fazer uma locomoção até a unidade de saúde. Sem contato, sem aglomeração, de forma mais rápida e ágil”, afirmou o coordenador de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde, Edison Rodrigues Filho.

“A campanha continua nas unidades de saúde normalmente, mas, no momento em que nós estamos vivendo, tem que tomar muito cuidado com aglomeração e com o deslocamento desses idosos pela cidade, por diversos locais. Hoje, o que é recomendado é o isolamento social e o mínimo possível de contato e aglomeração”, complementa Edison.

22 mil vacinas
Desde segunda-feira (23), primeiro dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, Araraquara já imunizou cerca de 22 mil idosos e profissionais da saúde. Até maio, outros grupos de risco e categorias profissionais também serão incluídos na imunização (veja ao fim do texto).

Participam da campanha 34 unidades de saúde dos bairros e o Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara). As unidades de atendimento para vacinação foram organizadas com espaços externos (com cobertura tipo tenda) e respeitando o espaçamento seguro de pelo menos 1 metro entre cada pessoa.

Vacinação suspensa
Segundo a secretária de Saúde, Eliana Honain, a vacinação contra a gripe em Araraquara estará suspensa nos próximos dias, inclusive o mutirão que estava marcado para sábado (28), e irá retornar na próxima segunda-feira (30). O motivo é a falta de vacinas à disposição do município.

“Nesta semana, não iremos receber mais doses. Nem a atividade de sábado nós conseguiremos realizar. Foram distribuídas mais 11 mil doses e que já terminaram hoje [quarta]. Nós temos, ainda, 1 mil doses reservadas para todos os acamados, que irão ser vacinados neste período. Eles devem ter prioridade, pois já possuem outras comorbidades e estão em repouso”, afirmou Eliana no programa “Canal Direto Especial”, no Facebook da Prefeitura.

A secretária explicou que um novo lote de vacinas deve chegar da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo na segunda-feira (30), quando a rede municipal de Saúde irá retomar a campanha. “A culpa não é de ninguém: a campanha foi antecipada pelo Ministério da Saúde e sabíamos que os laboratórios não teriam capacidade de entregar a totalidade das vacinas. Nós, gestores de Saúde, aceitamos a proposta para que a campanha fosse parcelada”, explicou.

Em relação ao ‘drive-thru’, Eliana declarou que a iniciativa deve ser repetida. “Deu muito certo. Podemos pensar até em outro local, com maior agilidade em relação ao trânsito. Mas, para a gente fazer um grande evento em um local maior, a gente precisa de uma maior disponibilidade de vacinas”, concluiu.

A campanha de vacinação contra a gripe vai até 23 de maio. Essa vacina não imuniza contra o novo coronavírus, mas protege a população contra os outros vírus da gripe e auxilia os profissionais de saúde a descartarem as influenzas na triagem, acelerando o diagnóstico para a Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus).

Confira o calendário da vacinação contra a gripe:
A partir de 23 de março: idosos (pessoas acima de 60 anos) e profissionais da Saúde;
A partir de 30 de março: profissionais das forças de segurança e salvamento;
A partir de 16 de abril: professores (de escolas públicas ou privadas) e doentes crônicos;
A partir de 9 de maio: crianças entre 6 meses e 6 anos de idade, adultos entre 55 e 59 anos, grávidas, puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias antes), pessoas com deficiência, povos indígenas, privados de liberdade, adolescentes e jovens sob medida socioeducativa e funcionários do sistema prisional;
23 de maio: último dia da campanha.

 

 

registrado em: , ,