Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Março / 26 / Geriatra destaca os cuidados que devemos ter com os idosos na contenção do Coronavírus

Saúde

Geriatra destaca os cuidados que devemos ter com os idosos na contenção do Coronavírus

b334b1fb-db7e-491d-9f1e-f2fe3d3b9f14.jpg

 

Médica reitera importância de permanência de idoso em casa

Segundo Maria Carolyna Arbex, ao contrário dos jovens, a terceira idade tem propensão maior a infecções e outras doenças

 

O idoso responde de uma forma diferente às infecções em geral em comparação aos jovens. Por isso, precisa ficar em casa durante essa quarentena, provocada pelo novo coronavírus.

 O alerta é da médica geriatra Maria Carolyna Fonseca Arbex, feito na quinta-feira (26), durante entrevista ao Canal Direto – Especial Coronavpirus, via Facebook da Prefeitura de Araraquara.

 Ao destacar que por conta dessa diferença o problema com o Covid -19 tende a ser maior, até por conta de outras doenças comuns nessa faixa etária, como hipertensão e diabetes, é muito importante o isolamento social para pessoas da terceira idade.

 Outra recomendação básica lembrada pela geriatra: os avós devem ficar longe principalmente dos netos neste período de confinamento, já que a maioria dos jovens é assintomática, ou seja, pode estar acometida do coronavírus sem apresentar sintomas.

 Ainda segundo a médica, a recomendação do isolamento sem sair de casa se faz necessária também porque os índices de mortalidade contabilizados pelo coronavírus é maior entre os idosos, como mostram até agora as estatísticas na China, Itália, Espanha e EUA.

 Por conta de toda essa situação, ela recomendou ainda que as consultas e exames de rotina envolvendo idosos sejam postergados e que as dúvidas aos pacientes sejam esclarecidas via telefone, para que eles não tenham que sair às ruas.

 Maria Carolyna Fonseca Arbex também destacou a importância para a população idosa tomar a vacina contra a Influenza, ou gripe, em locais sem aglomeração de pessoas. Mesmo não combatendo diretamente o coronavírus, a vacina impede o idoso de ficar ainda mais vulnerável em relação à sua saúde.

Vale ressaltar que o fato de ficar em isolamento não significa que o idoso tenha que abrir mão de uma vida social ativa. É possível desenvolver atividades básicas, como a prática de exercícios físicos e outras conexões, a partir das tecnologias oferecidas via internet. Até para combater a depressão, o medo e a ansiedade.

 

Solidariedade

 

Em relação aos voluntários da Rede de Solidariedade lançada pela Prefeitura em Araraquara para auxiliar idosos em casa, a médica geriatra Maria Carolyna explicou os procedimentos corretos que devem ser observados quando das ações.

 Além de respeitar a distância mínima de um metro de quem vende as mercadorias nas lojas, quando o voluntário for entregar à pessoa idosa medicamentos ou produtos alimentícios também é preciso cuidado.

 É importante que os produtos sejam higienizados e as embalagens descartadas, no caso de sacos plásticos, ou lavadas com água e sabão ou detergente se forem retornáveis. E, claro, também é necessário lavar bem as mãos, de forma rotineira.

 A pediatra ainda lembrou que a pessoa que mantém contato direto com idosos e esteja com sintoma gripal precisa usar a máscara cirúrgica ou a de tecido

Também vale destacar que quem quiser participar como voluntário ou beneficiário da Rede de Solidariedade basta ligar para o numero 0800-773.1145.

 

registrado em: ,