Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Março / 27 / Edinho pede união e agradece empresas que ajudam a Prefeitura contra o coronavírus

Social

Edinho pede união e agradece empresas que ajudam a Prefeitura contra o coronavírus

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, prefeito ressaltou que a união de esforços será fundamental para evitar a proliferação do vírus da Covid-19 no município
foto06 Prefeito Edinho agradece doações e pede união no enfrentamento ao novo coronavírus 11mar20 Tetê Viviani.jpg

 

 

O prefeito Edinho utilizou suas redes sociais nesta sexta-feira (27) para pedir união de esforços e fazer um agradecimento a todas as empresas e instituições que estão fazendo doações e colaborando com a Prefeitura de Araraquara no enfrentamento ao novo coronavírus, que causa a pandemia mundial da doença Covid-19.

Essas colaborações chegaram de diversas formas: cessão de local para montagem de leitos de retaguarda, voluntários no atendimento da Ouvidoria da Saúde, equipe médica na visita a pacientes, doações de materiais para o hospital de campanha, empréstimos de equipamentos, doações de mão de obra, entre outras.

Edinho agradeceu, nominalmente, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Igreja Mórmon), Bild/Vitta Residencial, Uniara, Senai, Rumo, Araquímica, Habcon, Araquip, Tend Tudo, Usina Santa Fé e Usina Santa Cruz. Além disso, a Rede Solidária da Prefeitura recebeu 250 ligações desde segunda-feira (23).

“Isso é um exemplo de união, de colocar o ser humano e a vida acima de qualquer outra coisa. Eu peço a união de todos. Unidos, nós vamos derrotar o coronavírus e sair mais fortes disso tudo”, afirmou o prefeito, agradecendo todos pelas colaborações.

Covid-19
A doença causada pelo novo coronavírus, a Covid-19, ainda não possui casos confirmados em Araraquara. São 31 casos sendo monitorados e aguardando resultados de exames, sendo 14 pessoas ainda internadas. Duas mortes também estão sendo investigadas, segundo o último boletim do Comitê de Contingência do Coronavírus.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, são 92 mortes e 3.417 casos confirmados oficialmente até esta sexta-feira (25). Fazem parte do grupo de risco idosos (pessoas acima de 60 anos), pessoas com doenças autoimunes, imunossuprimidos, gestantes, lactantes e pessoas com doenças crônicas.

Entre os sintomas do novo coronavírus estão febre alta e persistente, tosse, cansaço e falta de ar. Para a prevenção da doença, o Ministério da Saúde recomenda a higienização frequente das mãos (com água e sabão ou álcool gel), manter os ambientes arejados e o isolamento social (prática seguida por diversos países do mundo), evitando aglomerações de pessoas.

A Prefeitura está com um serviço de atendimento e resolução de dúvidas da população por meio da Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde, pelo telefone 0800-771-7723, das 7h30 às 16h30. A recomendação é que qualquer morador que tiver algum sintoma ou precisar de orientação deve telefonar para a ouvidoria antes de procurar uma unidade de saúde.

registrado em: , ,