Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Setembro / 15 / Pessoas com sintomas gripais devem procurar UPA da Vila Xavier para teste de Covid-19

Notícias

Pessoas com sintomas gripais devem procurar UPA da Vila Xavier para teste de Covid-19

Diagnóstico logo no início dos sintomas reduz o risco de complicações e a velocidade de transmissão do novo coronavírus
foto05 Polo de Atendimento do coronavírus na UPA da Vila Xavier _arquivo.jpg

 

 

Os moradores de Araraquara que apresentarem sintomas gripais, que podem ser casos suspeitos do novo coronavírus, devem continuar procurando o Polo de Atendimento Estratégico, na UPA da Vila Xavier, para a coleta de exames e o tratamento adequado e preventivo.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, isso é fundamental para que as autoridades de saúde saibam, com maior precisão, por onde o vírus está circulando.

Nos últimos sete dias, a média móvel de casos confirmados de Covid-19 em Araraquara é de 36,8 por dia. O índice é abaixo do pico já registrado, de 52,7 casos diários no início de agosto, mas não há razão para a normalização da doença e o relaxamento por parte da sociedade, ressalta a secretária.

“A circulação do vírus existe. Talvez, as pessoas não estejam mais procurando o sistema de saúde logo no início. Quem está procurando, geralmente, é aquela pessoa que teve contato com uma pessoa já positivada para a doença. Quando se tem coriza ou uma dor de garganta, não se procura mais tanto o atendimento”, afirma Eliana.

“A pessoa com qualquer sintoma deve se afastar das suas atividades, procurar o polo da Vila Xavier e ficar em isolamento até ter o diagnóstico”, explica a secretária.

Fabiana Araújo, enfermeira sanitarista da Vigilância Epidemiológica, lembra que grande parte dos moradores de Araraquara está suscetível ao coronavírus. “A população precisa entender que não é uma doença banal. Ainda tem muita coisa sobre a Covid-19 para se aprender. Para isso, é preciso ter diagnóstico. A gente tem receio de que parte das pessoas não esteja mais procurando diagnóstico”, analisa.

Situação epidemiológica
Até esta terça-feira (15), Araraquara registrou 3.751 casos de Covid-19, com 41 óbitos. Das vítimas fatais, 30 pessoas (73% do total) tinham mais de 60 anos de idade, o principal grupo de risco para a doença.

Demais fatores que devem gerar atenção para risco de complicações são doenças autoimunes, doenças cardíacas, hipertensão, diabetes, obesidade, pacientes em tratamento de neoplasia (câncer), mulheres gestantes, além de outras comorbidades.

Os principais sintomas da Covid-19 são febre, tosse, cansaço e falta de ar, mas também são relatados casos de perda de paladar e olfato.

Para a prevenção da doença, é recomendada a higienização frequente das mãos (com água e sabão ou álcool gel), o uso de máscaras (se precisar sair de casa) e o isolamento social, evitando aglomerações.

Mais informações sobre o combate ao novo coronavírus estão disponíveis no site www.araraquara.sp.gov.br/coronavirus.