Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / Setembro / 19 / FIDA discute "Dança e Política" em live no domingo (20)

Notícias

FIDA discute "Dança e Política" em live no domingo (20)

Grandes nomes da pesquisa da dança brasileira se reúnem em live do FIDA: Christine Greiner, Gilsamara Moura, Helena Katz e Márcia Mignac
capa-materia0022.png

 

"Dança e Política" é o mote para o "Encontro" do FIDA - Festival Internacional de Dança de Araraquara neste domingo, 20 de setembro. A programação do festival, realizada pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, também apresenta as exibições audiovisuais: "Andanças", Gestus 30 anos, além de uma oficina virtual de balé. As atividades têm início às 18 horas, podendo ser acompanhadas no canal da Prefeitura de Araraquara no Youtube, com link disponibilizado na página provisória da Prefeitura no Facebook (@MunicípioAraraquara). 

O projeto "Andanças", do fotógrafo e artista visual Paulo César Lima, abre a programação do domingo, com um vídeo apresentando o resultado de 15 anos das fotografias de espetáculos de dança feitas por ele, com imagens de dança do Brasil e do mundo. 

Após a exibição do trabalho. Audiovisual, acontece a live "Dança e Política: novas reflexões a partir da teoria corpomídia", com: Márcia Mignac, Christine Greiner e Helena Katz, sob a mediação da curadora do FIDA 2020, Gilsamara Moura. A curadora lembra que a atividade proposta nesta live convida para a reflexão artístico-acadêmica do papel da dança na vida. "Corpo e ambiente estão implicados e são inseparáveis, assim como tudo na vida. Impossível separar a dança de qualquer outro assunto do mundo. O que fazemos, pensamos, dançamos traduz o que somos", pontua Gilsamara. 

Após a live, haverá a exibição do vídeo “Gestus 30 anos”, produzido pelo Grupo Gestus e Índio Medeiros. O vídeo é a primeira ação de celebração de três décadas de trabalho contínuo em dança, política e pensamento contemporâneo do grupo de dança contemporânea Gestus que, agora, oferece a Araraquara este presente dentro de um evento que marcou sua trajetória: o FIDA.  

A programação apresenta ainda: o minicurso artístico de Balé Clássico: "O balé sem a corte cai na real", com Guego Anunciação, da Bahia (dias: 19, 20 e 21, das 14 às 16 horas), destinado a jovens e adultos com experiência em dança. Para se inscrever, acesse o link: https://forms.gle/pD9pXNNdkkxnDkg48 . O minicurso implica em aulas práticas de balé clássico, em ambiente virtual, com discussões acerca do balé e sua inserção na contemporaneidade. Durante os encontros, serão compartilhadas questões e investigações artísticas contra-coloniais, tendo o pensamento do balé clássico como ignição. Esta residência é aberta a todes que se interessam em estudos do corpo a partir da ressignificação do modus operandi do balé clássico. O título da mini-residência é inspirado no livro "O ballet sem a realeza cai na real”, organizado por Lúcia Lobato (2007). 

Vale destacar que, de 23 a 27 de setembro, serão exibidos os vídeos selecionados por meio de edital de fomento municipal. Participam: "Sopro", de Beatriz Borghi (dia 23); "Morada da Saudade", de Vita Pereira (dia 24); "Respirar", de Suelen Cristina dos Santos (dia 25); "Empoderamento feminino através da dança com espada", de Valéria Dias Pestana (dia 26); "Nada a Fazer", de Irail Rezende e Rodolfo Groppo (dia 27); e "Duas é Par", de Julianetti & Silva (dia 27). 

O FIDA 2020 apresenta uma parceria com a Universidade Federal da Bahia – por meio da Escola de Dança, Programa de Pós-Graduação em Dança (PPGDança), Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC), Grupo de Pesquisa Ágora: modos de ser em Dança(CNPq/UFBA) e PRODAN; Secretaria Municipal da Educação; Balangandança Cia. de Dança (SP), Centro da Juventude de Araraquara e Corpo Rastreado. Toda a programação é gratuita e aberta aos interessados.  

 

Conheça as participantes da live "Dança e Política: novas reflexões a partir da teoria corpomídia": 

 

Helena Katz é Professora no Curso Comunicação das Artes do Corpo e no Programa em Comunicação e Semiótica, ambos na PUC - SP, fundadora e coordenadora do CED-Centro de Estudos em Dança. 

Christine Greiner é professora livre-docente da PUC-SP. Ensina no Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica e na graduação em Artes do Corpo. Autora de diversos livros e artigos sobre corpomídia, cultura japonesa e artes do corpo. 

Márcia Mignac é professora Adjunto IV da Escola de Dança da UFBA, Doutora em Comunicação e Semiótica PUC/SP (2012), Mestre e Licenciada em Dança/UFBA. Docente dos cursos de Graduação, Especialização e Pós-Graduação PPGDANÇA/PRODAN. É Co-líder do Grupo de Pesquisa Ágora: modos de ser em dança (CNPq/UFBA), no qual desenvolve as pesquisas – Sintomas no corpo: dança e materialidades biopolíticas e, Oriente-se: Dança do Ventre, Orientalismo e Deocolonialidade. 

Mediação: Gilsamara Moura - idealizadora e curadora do Festival Internacional de Dança de Araraquara 

 

SERVIÇO: 

FIDA – Festival Internacional de Dança de Araraquara 

Data: domingo (20 de setembro) 

Horário: a partir das 18 horas 

 

Programação: 

  • Vídeo "Andanças", de Paulo César Lima 

  • Live "Dança e Política: novas reflexões a partir da teoria corpomídia", com: Márcia Mignac, Christine Greiner e Helena Katz - mediação: Gilsamara Moura 

  • Vídeo comemorativo Gestus 30 anos 

 

Programação gratuita

registrado em: ,