Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / Setembro / 22 / Mês da Juventude: Casa dos Conselhos recebe pré-conferência nesta quinta (23)

Planejamento

Mês da Juventude: Casa dos Conselhos recebe pré-conferência nesta quinta (23)

Encontro marcado para as 19 horas discutirá o direito à educação, saúde e cultura
Pré-conferências da Juventude tiveram início na terca-feira Foto Divulgação (2).jfif




Nesta quinta-feira (23), às 19 horas, será realizada a segunda pré-conferência que integra a Programação do Mês da Juventude. A atividade, que será sediada na Casa dos Conselhos, terá suas discussões focadas no direito à educação, saúde e cultura. Ao todo, serão quatro pré-conferências que visam preparar a cidade para a Plenária Final, marcada para o dia 2 de outubro, um sábado, às 14 horas, na Biblioteca Municipal Mário de Andrade. Neste ano, a programação conta com o tema "Cidadania, sustentabilidade, território e mobilidade". Ao todo, foram cinco lives que abordaram temas referentes aos eixos da Conferência da Juventude.

A primeira pré-conferência foi realizada na noite da última terça-feira (21), no Centro de Referência da Mulher, onde foram analisados os eixos: I - Direito à cidadania, à participação social e política e à representação juvenil; Direito à diversidade e a igualdade; Direito à comunicação e à liberdade de expressão. Os atores envolvidos no debate foram os centros acadêmicos da Unesp e da Uniara, as coordenadorias de políticas públicas para mulheres e igualdade racial, as assessorias de políticas públicas para LGBTQIA+, além de juventudes partidárias, grupos escoteiros e grupos religiosos.

O coordenador municipal de Direitos Humanos, Renato Ribeiro, avaliou como satisfatória a pré-conferência inicial. "A primeira pré-conferência da Juventude foi muito positiva. Depois de tanto tempo de isolamento e atividades online, foi uma grande alegria ver tantos jovens reunidos e debatendo questões importantes pra juventude araraquarense", analisou.

A terceira pré-conferência está agendada para o dia 27, segunda-feira, às 19 horas, no Centro de Juventude e os temas propostos são: Direito à profissionalização, ao trabalho e à renda; Direito ao território e à mobilidade; e Direito à segurança pública e ao acesso à justiça. O público envolvido é formado por jovens do comércio, influencers, cooperativas e integrantes dos programas Jovem Cidadão e Filhos do Sol. A última pré-conferência está agendada para o dia 29, quarta, às 19 horas, novamente na Casa dos Conselhos, onde os diálogos serão em torno dos temas: Direito ao desporto e ao lazer; Direito à sustentabilidade e ao meio ambiente; e Sistema Nacional de Juventude - SINAJUVE. O público envolvido engloba integrantes do grupo Prumo no Gral, Fundesport e Rolê Feira.

A organização da Programação do Mês da Juventude está animada com a agenda. "A expectativa é a melhor possível. Ficou nítido para nós o interesse dos jovens da cidade em serem protagonistas, de serem ouvidos, no debate público. Estamos empolgados com as próximas pré-conferências marcadas e reforçamos o convite para que todos, todas e todes participem", completa Renato Ribeiro.

As lives anteriores, que podem ser conferidas no Youtube oficial da Prefeitura, abordaram os temas "Cultura" (com Maria Marighella e Vitta Pereira), "Participação social e política, multiculturalidade e igualdade" (com Thainara Faria e Beatriz Caminha), "Saúde" (com Rafaela Modé), "Educação, qualificação e trabalho e renda" (Leocádia e Camila Capacle) e "Esporte e lazer" (com Roseli Gustavo e Nicoly Aprigio).

Vale destacar que a Programação do Mês da Juventude é realizada e apoiada pela Prefeitura por meio da Assessoria Especial de Políticas para Juventude. A agenda contou ainda com conversas temáticas com todas as juventudes, roda de conversa, ato ecumênico e batalha de MC. Neste ano, a programação vem com o tema "Esperançar", em referência às palavras do educador e filósofo brasileiro Paulo Freire: "É preciso ter esperança, mas ter esperança do verbo esperançar; porque tem gente que tem esperança do verbo esperar. E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera. Esperançar é se levantar, esperançar é ir atrás, esperançar é construir, esperançar é não desistir! Esperançar é levar adiante, esperançar é juntar-se com outros para fazer de outro modo…".

registrado em: ,