Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / Setembro / 27 / Prazo para o Censo do Funcionalismo Público é prorrogado

Gestão

Prazo para o Censo do Funcionalismo Público é prorrogado

Levantamento visa valorizar o funcionalismo público, apurar as necessidades de qualificação profissional e melhorar a qualidade de vida dos servidores
Censo Funcionalismo_Prorrogado.jpg

 

 

 


O prazo para o preenchimento do Censo do Funcionalismo Público Municipal 2021, que estava previsto para o dia 24, última sexta-feira, foi prorrogado para o dia 3 de outubro, próximo domingo. O adiamento se deu por ainda não ter atingido 100% dos servidores com questionário preenchido e para dar oportunidade para aqueles que ainda não preencheram.


Vale destacar que o preenchimento é obrigatório e foi instituído para coletar informações para o diagnóstico do perfil dos funcionários, a ser utilizado como subsídio para constante aperfeiçoamento do plano de carreira, cargos e vencimentos. As informações também irão direcionar a criação de programas que melhorem a qualidade de vida dos servidores, oferecendo ainda uma política municipal de qualificação por meio da Escola de Governo, assim como também servirão para avaliar a necessidade de ampliação do quadro de servidores para aperfeiçoamento dos serviços públicos oferecidos.

Entretanto, a maior parte dos funcionários públicos ainda não preencheu os questionários. Segundo a última atualização, aproximadamente 72% dos servidores iniciaram o preenchimento: de um total de 6.386 funcionários, apenas 4.607 começaram, entre os quais 4.356 terminaram.

Rafaela Modé, diretora geral da Escola de Governo, falou da importância do preenchimento. "O Censo foi criado para que a Prefeitura de Araraquara possa conhecer melhor e valorizar, individualmente e no conjunto, seus colaboradores permanentes, tendo como objetivo o aproveitamento das suas potencialidades para melhor servir a população da cidade, através da prestação de serviços e da implementação de políticas públicas de qualidade superior. Trata-se também de uma oportunidade do servidor falar sobre seu trabalho e o que sente que precisa ser melhorado", explicou.

Pelo decreto, entende-se por servidor público aquele investido em cargo de provimento efetivo ou emprego público nas administrações direta, autárquica e fundacional, ou seja, o Censo deve ser preenchido por funcionários concursados, comissionados e secretários. Os trabalhadores que não preenchem são apenas aqueles com contratos temporários, como estagiários e apoiadores da dengue e covid-19.

Realizado bienalmente, o censo foi instituído pelo Decreto nº 11.976, de 12 de junho de 2019. Entre os assuntos abordados estão a renda mensal, a escolaridade, estado civil, tempo de serviço público, deslocamento até o trabalho, participação em benefícios sociais, tipo de residência, número de filhos, adesão a planos de saúde e odontológico, entre outros.

O questionário do Censo do Funcionalismo Público Municipal pode ser acessado através do link: https://sistema.araraquara.sp.gov.br/portal/questionario/

O Decreto que institui o Censo do Funcionalismo Público Municipal pode ser lido pelo link: https://legislacaodigital.com.br/Araraquara-SP/DecretosMunicipais/11976/Arquivos/1

 

 

registrado em: ,