Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / Setembro / 30 / Edinho exalta atuação do Daae durante entrega do Poço Tubular Profundo Pinheiros III

Urbano

Edinho exalta atuação do Daae durante entrega do Poço Tubular Profundo Pinheiros III

Prefeito destacou capacidade da cidade durante estiagem e valorizou trabalho da autarquia, que conta com um investimento de R$ 80 milhões desde 2017
foto02 Prefeito Edinho entrega Poço Tubular Profundo Pinheiros III na zona leste de Araraquara 30set21 Tetê Viviani.jpg



 



Na manhã desta quinta-feira (30), foi realizada a solenidade de entrega do Poço Tubular Profundo Pinheiros III, que fica no complexo do Parque do Pinheirinho, zona leste da cidade, e atenderá aproximadamente 30 mil moradores dos bairros Jardim Pinheiros I e II, Altos de Pinheiros, Parque São Paulo, Santa Clara, Ana Adelaide, Jardim Europa, Parque Gramado II e residenciais Alamedas, Jacarandás e Jatobá. Por conta da pandemia da Covid-19, a cerimônia contou com público reduzido e seguiu os protocolos de segurança sanitária preconizados pelo Comitê de Contingência do Coronavírus. A população pôde acompanhar ao vivo pela página da Prefeitura de Araraquara no Facebook, onde o vídeo se encontra disponível para visualização.  

O prefeito Edinho enalteceu a atuação e a eficiência dos serviços prestados pelo Daae na cidade. "Enquanto eu for prefeito, o Daae será uma autarquia pública, forte, com capacidade de investimento e prestando serviço de qualidade, mesmo com muita gente pautando a privatização do Daae em Araraquara", salientou.

Ele acrescentou a dificuldade que vários municípios vivem neste momento de falta de chuvas e a maneira como o Daae vem lidando com a situação. "As cidades da região estão vendo o quanto é duro fazer racionamento da utilização de água, que é o bem mais vital que nós temos. As cidades estão racionando e segurando o fornecimento porque estamos diante de uma crise hídrica e da maior estiagem da história recente. E graças à autarquia 100% pública que nós temos, uma autarquia bem administrada e com racionalidade, Araraquara não tem racionamento de água. E essa autarquia tem que ser preservada e valorizada", completou Edinho.

O superintendente do Daae, Donizete Simioni, mencionou que o órgão investiu um total de R$ 80 milhões desde 2017 para oferecer um serviço de excelência na cidade. "Todos nós acompanhamos na imprensa que este ano foi muito difícil no que diz respeito ao abastecimento de água e tivemos uma estiagem sem precedentes. O Daae faz esse acompanhamento e 2021 foi o ano que menos choveu. Felizmente, em Araraquara, por conta de todos esses investimentos e desse sistema misto de abastecimento, nós não decretamos e não vamos decretar racionamento de água, diferente de muitas cidades do estado de São Paulo e daqui da região, que já estão trabalhando no racionamento. Então quanto mais poços perfurarmos, vamos melhorar cada vez mais essa condição de abastecimento de água na nossa cidade", explicou.

O vereador Paulo Landim (PT), que representou a Câmara Municipal na solenidade, também valorizou a administração do Daae em Araraquara. "Nessa semana eu vi uma notícia de uma cidade onde tem condomínio comprando água, comprando vários caminhões de água, enquanto Araraquara não teve racionamento. Isso é gestão, isso é priorizar", resumiu.

Gilmar Fernandes, representante da comunidade atendida pela obra, falou sobre as outras ações realizadas pela Prefeitura naquela localidade. "Essa é uma região muito carente e esse poço será muito bom para nós. Araraquara é uma cidade maravilhosa em relação ao abastecimento de água e ao saneamento básico. Hoje estamos com várias obras aqui na região, que são obras bem feitas, bem representadas por bons profissionais e que serão muito importantes para os moradores da região", salientou.

Também marcaram presença no evento os vereadores Fabi Virgílio (PT), Edson Hel (Cidadania) e Carlão do Jóia (Patriota); o representante da empresa Tecnoágua Comércio e Manutenções de Bombas, Marcus Fabiano Bernardes; além de diretores e funcionários do Daae.


Detalhes da obra

A obra do Poço Tubular Profundo Pinheiros III contou com a perfuração do poço tubular com profundidade de 420 metros e tem uma vazão de 200m³ por hora, de acordo com o projeto hidrogeológico do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE).

 

O investimento foi de R$ 2,6 milhões, sendo R$ 574 mil de recursos do Fundo Municipal de Saneamento e R$ 2.083 milhões de recursos próprios do Departamento Autônomo de Água e Esgotos de Araraquara (Daae). As empresas responsáveis pela obra foram a Uniper Hidrogeologia e Perfurações (perfuração do poço), a Pmon Montagens Industriais (barrilete) e a Tecnoágua Comércio e Manutenções de Bombas (fornecimento e instalação da bomba).

Este é o sexto poço perfurado pelo Daae no município nos últimos quatro anos. Os anteriores foram no Jardim Universal (2017), Victório de Santi e Selmi Dei (2019), São Rafael (2020) e Assentamento Bela Vista (2021). Outros dois poços serão inaugurados em breve em Araraquara, que são o Poço do Ouro (região leste) e Poço Iguatemi (região sul). Também estão previstas as perfurações de outros três poços: Cruzes e Flora (região norte) e Universidades (região oeste).

Outras obras importantes em andamento são a recuperação da Represa das Cruzes, com a construção da bacia de retenção e desassoreamento da represa (no valor de R$ 904,8 mil, sendo R$ 350 mil do Fundo Municipal de Desenvolvimento Ambiental e R$ 554,8 mil de recursos próprios) e o remanejamento de 850 metros do interceptor de esgotos do Córrego do Cupim (com o investimento de R$ 500 mil, de recursos próprios).

 

registrado em: ,