NOTÍCIAS

Voltar

Araraquara não tem registro de Febre Amarela

5 de janeiro de 2017


Araraquara, há décadas, não registra caso de Febre Amarela. No entanto, em decorrência da confirmação de um óbito pela doença na cidade de Ribeirão Preto nesta quinta-feira, dia 05, a recomendação da Coordenadoria de Vigilância em Saúde do município é que os moradores observem a carteira de vacinação e procurem a unidade de saúde mais próxima no seu bairro para obter informação sobre datas e horários de aplicação da vacina.
“A circulação do vírus nas regiões próximas, claro, nos alerta para algumas ações especiais, mas não precisa nos colocar em situação de pânico”, explica Fabiana do Carmo Araújo, da Gerência de Vigilância Epidemiológica de Araraquara. “A febre amarela pode ser prevenida através da vacinação e o indivíduo é considerado imune com apenas duas doses da vacina”, completa Fabiana.
A imunização é contraindicada para crianças com menos de seis meses de idade, gestantes, pacientes imunodeprimidos (pessoas com o sistema imunológico debilitado) e pessoas alérgicas a ovo de galinha e seus derivados, gelatina e outros produtos que contêm proteína animal bovina.
A febre amarela

A febre amarela tem dois ciclos epidemiológicos distintos de transmissão: silvestre e urbano, que acomete tanto homens, quanto macacos e que é transmitida pela picada de mosquitos silvestres (febre amarela silvestre) ou do Aedes aegypti (febre amarela urbana). Os sintomas são febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) e hemorragias (de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina).
Considerando que outras doenças como dengue, zika e chikungunya, também são transmitidas pelo Aedes aegypti, a Vigilância em Saúde continua solicitando o apoio de todos os moradores para os cuidados diários nos imóveis a fim de evitar a proliferação do vetor.
A Secretaria Municipal de Saúde ressalta que várias ações estão sendo programadas para a intensificação do combate ao Aedes aegypti e serão em breve divulgadas à população.

 

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis