NOTÍCIAS

Voltar

Araraquara 200 anos: cidade solidária e participativa

1 de janeiro de 2017


Edinho, que toma posse como prefeito neste domingo, dia 1º reafirma compromissos com a população.

Eleito prefeito em 02 de outubro com 41.220 votos como prefeito de Araraquara, Edinho será empossado neste dia 1º de janeiro de 2017, ao lado do vice Damiano Neto (PP). A solenidade será realizada no Centro Internacional de Convenções “Dr. Nelson Barbieri”, às 15 horas. Na mesma oportunidade, tomam posse também os 18 vereadores eleitos para a 17ª legislatura.

Edinho assume Araraquara no ano que ela completa seu bicentenário e reafirma os compromissos assumidos com a população por uma cidade que funcione e que garanta transparência, participação popular e igualdade de oportunidades. “Juntos, construiremos a cidade que sonhamos”, destacou.

Durante a campanha, Edinho apresentou uma série de propostas para fazer Araraquara voltar a funcionar. Programas como Oficinas Culturais, Escolinhas de Esportes, Jovem Cidadão, Cursinhos Populares, Incubadora de Empresas dentre muitos outros que significaram melhorias na qualidade de vida da população serão reestruturados.

No entanto, em todas as oportunidades, o prefeito eleito afirmou que a prioridade zero do seu governo será a reorganização da saúde básica. A questão do abastecimento de água, especialmente na região do Selmi Dei, também foi bastante abordada.

Novo desenho administrativo

Pelas redes sociais, buscando manter a transparência e o contato direto com a população, Edinho anunciou o novo desenho administrativo da Prefeitura que reduzirá de 20 para 12 o número de Secretarias. A medida, que também inclui a extinção dos cargos de Subprefeitos e 132 cargos comissionados, vai possibilitar uma economia de R$ 5 milhões por ano. “A redução das Secretarias e dos cargos comissionados foi uma imposição da realidade. A atual situação financeira da Prefeitura – e todos sabem disso- , requer uma série de medidas e uma delas foi a proposta de reestruturação administrativa. Nosso objetivo é garantir uma economia de, pelo menos, R$ 20 milhões aos cofres municipais”, disse.

Também com transmissões “ao vivo” na sua página no Facebook, Edinho anunciou a composição do seu secretariado com o perfil essencialmente técnico e formado majoritariamente por mulheres. Todos os profissionais que vão assumir as pastas a partir de 2017 têm grande experiência na área e contam com graduação respeitada, pós-graduação e especializações, principalmente na área da gestão pública. “Não tenho dúvidas que são pessoas com alto conhecimento técnico, mas também com sensibilidade aguçada e muita capacidade de diálogo para enfrentar os desafios colocados para a cidade de Araraquara no próximo período”.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis