NOTÍCIAS

Voltar

“As Mina Tudo”: talento feminino é destaque em Araraquara

12 de dezembro de 2017


“As Mina Tudo” – esse é o nome do festival que acontece dos dia 14 a 17 de dezembro, em alguns pontos de Araraquara, com uma programação inteiramente gratuita e, claro, evidenciando a arte feminina. A realização dessa celebração, que une diversos artistas do interior e da capital, é da Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Fundart, Sesc Araraquara e o coletivo “As Mina Tudo”.

Nesta primeira edição, o festival acontece no Sesc Araraquara, Centro de Referência da Mulher, Teatro Wallace Leal e Estação Ferroviária, com todos eventos gratuitos e sem necessidade de retirar ingressos antecipadamente (é só chegar!).

Mesas de debates, oficinas com foco nas mulheres na música, Pocket Show, Jam das Minas, discotecagem e shows gratuitos com Tiê, Ana Cañas, Ekena, Labaq – entre outros grandes nomes da nova geração da música brasileira –dão ritmo ao festival.

A cantora Tiê abre a programação com show no Sesc Araraquara, nesta quinta-feira (14), às 20 horas. Com o show do seu último disco, Gaya, a cantora mergulha no pop sem abrir mão da MPB e promete representar muito bem a arte feminina na abertura do festival.

Na sexta (15), a programação prioriza os debates, além de um Sarau no final do dia. As atividades serão realizadas no Centro de Referência da Mulher, nos seguintes horários: 15 horas: debate “Pretas no Poder”, com Coletivo Cadê Tereza?, Vita Pereira e Natalia Munroe; às 17 horas é a vez de “Mulheres Criando a Cena”, com a participação de LaBaq e convidadas e a mediação de Ekena Monteiro; a banda Netvno e Fernanda Aimê são as atrações do Sarau “As Mina Tudo”, que contará também com palco aberto, a partir das 19 horas.

O sábado (16) traz atividades centradas no Teatro Wallace Leal, a partir das 15 horas, com uma Oficina de Áudio, com Gabi Lima; depois às 17 horas, acontece a Oficina de Composição e Letra, com Fernanda Aimê.

Após as oficinas, às 19 horas tem Discotecagem com o Coletivo Eletrø Junǥle, seguida pela “Jam das Mina” às 20 horas, reunindo convidadas e uma Jam aberta. A noite fecha com o Coletivo Eletrø Junǥle voltando à cena, às 23 horas, com mais Discotecagem.

O festival se encerra no domingo, com uma grande programação na antiga Estação Ferroviária, no Centro da cidade. Com início às 17 horas, a programação reunirá música, intervenção e expositores da RolêFeira. Vale destacar que RolêFeira vem para somar na valorização da produção feminina e fazer girar a rede de economia solidária e criativa – e olha que bacana: quase 80% dos expositores que integram o Rolê Feira são mulheres.

A arquiteta araraquarense Denise Zakaib abre as atividades do dia com a intervenção artística “Estendendo os Fatos”. A programação segue com: “Ânima Solo” com Isabela de Lima (17h15), Ariel Mançanares (17h45), Carol Naine (18h30) e Obinrin Trio e Andressa Brandão (19h15).

A partir das 20h15, a cantora, compositora e instrumentista LaBaq – destaque na nova cena da música indie no Brasil – traz seu som, que mistura rock, jazz e ritmos brasileiros para o festival. Depois, às 21h15, a araraquarense Ekena comanda a cena na Estação, levando a um passeio pelo folk e MPB e, claro, pelo empoderamento feminino.

“As Mina Tudo” chega ao fim ao som da compositora e cantora Ana Cañas, uma revelação do ano 2007 e que vem realizando diversas parcerias musicais importantes, como com Nando Reis ou Arnaldo Antunes, ou ainda tendo Ney Matogrosso assinando a direção de seu show de 2013.

Ana Cañas, que emplacou alguns sucessos nas produções televisivas, é formada pela Artes Cênicas pela ECA-USP e, em 2016, estreou nos cinemas com o longa-metragem “Amores Urbanos”.

A programação completa pode ser acompanhada pelo site da Prefeitura de Araraquara.

Programação “As Mina Tudo”:

  • Quinta (14/12) – abertura do Festival

Local: Sesc Araraquara (Rua Castro Alves, 1315 – Quitandinha)

– 20h – Show: Tiê

  • Sexta (15/12) – debates e Sarau

Local: Centro de Referência da Mulher (Rua Comendador Pedro Morganti, 2231 – Centro)

– 15h – Debate Pretas no Poder com Coletivo Cadê Tereza? + Vita Pereira + Natalia Munroe

– 17h – Debate “Mulheres Criando a Cena”

Participação: LaBaq + convidadas / Mediadora: Ekena Monteiro

– 19h – Sarau “As Mina Tudo” com Netvno + Fernanda Aimê + palco aberto

  • Sábado (16/12): oficinas e discotecagem

Local: Teatro Wallace Leal (Av. Espanha, 485 – Centro)

15h – Oficina de Audio com Gabi Lima

17h – Oficina de Composição e Letra com Fernanda Aimê

19h – Discotecagem com o Coletivo Eletrø Junǥle

20h – “Jam das Mina” Convidadas + Jam aberta

23h – Discotecagem com o Coletivo Eletrø Junǥle

  • Domingo (17/12): intervenção, expositores e música

Local: Estação Ferroviária de Araraquara (Rua Antônio Prado, s/n° – Centro)

17h – Intervenção artística Denise Zakaib ‘Estendendo os Fatos’

17h15 – ‘Ânima Solo’ Isabela de Lima

17h45 – Ariel Mançanares

18h30 – Carol Naine

19h15 – Obinrin Trio + Andressa Brandão

20h15 – LaBaq

21h15 – Ekena

22h15 – Ana Cañas

+ Expositores: 3ª edição da RolêFeira

– Eventos gratuitos (sem necessidade de retirar ingressos antecipadamente)

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis