NOTÍCIAS

Voltar

Atiradores do Tiro de Guerra doam sangue ao hemonúcleo

6 de abril de 2018


Por iniciativa do subtenente Cleitor Almeida Paiva, do 1º sargento Oséias Guedes da Silva e do agente administrativo Eduardo Barbosa, o Tiro de Guerra (TG) colabora com o Hemonúcleo Regional de Araraquara incentivando os atiradores a doação de sangue.

Desde segunda-feira (2), 15 atiradores por dia comparecem espontaneamente ao Hemonúcleo da Unesp para doar sangue pela primeira vez. O objetivo é ajudar ao próximo e praticar a cidadania, argumentam os jovens atiradores.

“Muita gente está precisando de sangue para realizar cirurgias e é por isso que estamos colaborando”, afirma o atirador Pessota.

Para o atirador Brito, uma cidade do porte de Araraquara não pode deixar o banco de sangue com estoque baixo. “É fundamental manter o estoque para emergências e agora pretendo continuar doando sangue”, destaca.

Para doar sangue a pessoa deve pesar no mínimo 50 quilos e ter entre 16 e 69 anos. As mulheres devem respeitar o intervalo de 90 dias entre as doações. Já para os homens o intervalo é de 60 dias. Antes da coleta, ocorre uma pré-triagem e uma entrevista clínica, de maneira sigilosa com os doadores, de maneira sigilosa e confidencial.

 

Serviço:

Hemonúcleo Regional de Araraquara

Faculdade de Ciências Farmacêuticas – Unesp

Local: Rua Expedicionários do Brasil, 1621 – Centro

Atendimento: das 7h às 11h30 e das 14h às 16h

De segunda-feira a sexta-feira

Telefone: (16) 3301-6102

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis