NOTÍCIAS

Voltar

Cláudio Caropreso realiza intervenção no Centro de Artes Judith Lauand

12 de junho de 2018


 

O arquiteto Cláudio Caropreso, um dos artistas convidados da programação do XV Território da Arte de Araraquara, na manhã desta terça-feira, 12 de junho, realizou uma intervenção com lambe-lambe no Centro de Artes e Ofícios Judith Lauand, na Vila Xavier.

O artista participa do Território da Arte com sua “Gráfica Ordinária”, promovendo oficinas a partir de uma residência artística na Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa. A programação teve início no dia 11 e segue até esta quarta, dia 13.

“Gráfica Ordinária” é um projeto de residência de Caropreso, com estímulos extraídos do cotidiano do artista, que pesquisa a estratégia da publicidade, alimentada pela fotografia. A “sedução” e a promessa de satisfação ofertadas, que alimentam o desejo incessante da sociedade contemporânea de ter mais, são questionadas pelo artista. Assim, a ação propagandística dos cartazes e fotografias presentes na paisagem urbana é comentada com ironia em suas gravuras. E com esta faceta que o público poderá conferir o trabalho apresentado no Centro de Artes e Ofícios.

Vale lembrar que, durante sua oficina, Caropreso vem abordando o seu processo de produção, passando pela decupagem, colagem, desenho, escultura da matriz e finalmente impressão. Assim, os inscritos acompanham o seu processo artístico.

O arquiteto Cláudio Caropreso é pós graduado em Arte Educação e Tecnologias Contemporâneas, pela Universidade de Brasília (2007). Caropreso iniciou a pesquisa com xilogravura em 1998, no Atelie Livre da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, em São José dos Campos SP.

No currículo, traz diversas exposições dentro e fora do Brasil, sendo premiado duas por duas vezes no Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba (2004 e 2006) e Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto (2004). Integrou a Representação Brasileira na Bienal Internacional de Gravura de Sarcelles, na França, tendo recebido o prêmio aquisição (2011). Ainda, Caropreso possui obras no acervo na Pinacoteca do Estado de São Paulo e na Biblioteca Mário de Andrade, na cidade de São Paulo.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis