NOTÍCIAS

Voltar

Comandante do 13º Batalhão da PM é um ‘grande líder’, diz Edinho em sessão solene

11 de dezembro de 2017


O tenente-coronel Adalberto José Ferreira, comandante do 13º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), recebeu o Diploma de Honra ao Mérito em sessão solene da Câmara Municipal, na noite de sexta-feira (8), com presença do prefeito Edinho.

 

A autoria da homenagem é do vice-presidente da Câmara, Tenente Santana (PSDB). Adalberto, que é araraquarense de nascimento, ingressou na Polícia Militar em 1986. Ele realizou dezenas de cursos e passou por unidades da polícia em todo o Estado até voltar ao 13º BPM/I como comandante, neste ano.

 “Adalberto enxerga como poucos a missão da PM e é um grande líder. Um líder carismático, porque lidera pela sua conduta e ganha o respeito dos seus comandados. Poucos araraquarenses têm a legitimidade de receber esse diploma como ele, uma pessoa que luta pela nossa cidade”, disse Edinho.

 “Você é motivo de orgulho para a nossa cidade. Esse título é uma forma de Araraquara lhe dizer ‘muito obrigado’”, complementou o prefeito.

 O presidente da Câmara, Jeferson Yashuda (PSDB), parabenizou Tenente Santana pela sensibilidade de realizar a homenagem. “É uma justa homenagem a quem nasceu em Araraquara e presta um importante serviço à cidade e à região”, declarou.

 Representando o CPI-3 (Comando de Policiamento do Interior 3) de Ribeirão Preto, o tenente-coronel Wellington de Souza ressaltou a amizade que tem com Adalberto por cerca de 30 anos. “Quem está aqui falando é o amigo, o irmão, a pessoa que sempre pôde contar com você nos momentos difíceis e de alegria. Adalberto é um exemplo de pessoa que protege pessoas”, afirmou.

 Após as homenagens, o comandante do 13º BPM/I agradeceu a todos e ressaltou o orgulho de ser policial militar. “Somos o anteparo entre o cidadão de bem e a arma do criminoso. Se meu soldado está bem, a população também está bem. Agradeço a todos. Se não fosse meus policiais, eu não estaria aqui”, disse o homenageado.

 Também estiveram presentes os vereadores Juliana Damus (PP), Cabo Magal Verri (PMDB), Elton Negrini (PSDB) e Elias Chediek (PMDB); os promotores José Carlos Monteiro e Noemi Corrêa; a juíza da 1ª Vara Criminal da Comarca de Marília, Josiane Patrícia Cabrini; além de diversas autoridades policiais e políticas da região e familiares de Adalberto José Ferreira.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis