NOTÍCIAS

Voltar

Comcriar recebe doação de R$ 150 mil do Instituto CPFL

17 de março de 2017


O vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, representou o prefeito Edinho Silva na tarde dessa quinta-feira (16), no sexto andar do Paço Municipal, na solenidade de repasse de R$ 149,7 mil feito pelo Instituto CPFL ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araraquara – Comcriar.

A verba, proveniente da dedução de 1% do Imposto de Renda devido da Companhia Paulista de Força e Luz, serve de apoio ao Projeto de Diagnóstico Situacional da Criança e do Adolescente.

Damiano Neto agradeceu o apoio do Instituto CPFL à cidade e ressaltou a importância do projeto voltado para melhorar as condições de vida da criança e do adolescente no município.

“Durante nossos encontros na Prefeitura, como o ‘Café com Empresários’, vamos incentivar o setor para o engajamento neste projeto da CPFL relativo à dedução no Imposto de Renda”, afirmou Damiano.

A coordenadora do Programa da CPFL de apoio ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Andreia Rodrigues Ferreira, enalteceu a realização do diagnostico na cidade.

“A CPFL optou por fortalecer o Conselho pela realização desse projeto que junto com as várias instituições visa oferecer mais qualidade de vida à criança e ao adolescente com planos de ação que atendam causas prioritárias”, reiterou Andreia.

 

Políticas públicas

Também a secretária municipal Assistência e Desenvolvimento Social,

Maria Eloisa Velosa Mortatti, destacou o repasse do recurso destinado pela  CPFL ao Comcriar.

“Essa ação possibilitará o diagnóstico da situação da criança e adolescente para que eles tenham seus direitos ampliados e um melhor desenvolvimento a partir das políticas públicas”, enfatizou Maria Eloisa.

Para o vereador Lucas Grecco, a parceria da Prefeitura com a CPFL “é fundamental na realização desse diagnóstico”.

Também participaram da solenidade de entrega simbólica da verba, o consultor comercial da CPFL, Fabiano Ferreira Dias; o presidente do Comcriar, Samuel Brasil Bueno; os vereadores Roger Mendes, Paulo Landim, Thainara Faria e Edson Hel; a diretoria regional de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads) Edna Martins, além de representantes de várias instituições da cidade que atuam em projetos voltados para crianças e adolescentes.

Ainda de acordo com a CPFL, os diagnósticos de Conselhos de cidades de sua área de concessão apontam os principais problemas envolvendo crianças e adolescentes. São eles: violência doméstica (maus tratos, negligência e abandono), conflito com a lei, consumo de álcool e drogas, ruptura dos vínculos familiares, abuso ou exploração sexual e comercial, e evasão escolar.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis