NOTÍCIAS

Voltar

Defesa Civil alerta sobre cuidados com fogos de artifício

26 de junho de 2017


Com o aumento das tradicionais festas juninas e julinas nessa época do ano, aumenta também o número de pessoas queimadas por manipulação inadequada de fogos de artifício. Para evitar problemas com a manipulação incorreta desses materiais, a Defesa Civil, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, dá algumas dicas.

De acordo com a Defesa Civil, os riscos dos fogos de artifício não são apenas de queimaduras. Podem ocorrer laceração e mutilação dos dedos, mãos e rosto e, por isso, a indicação é de que apenas profissionais façam a explosão.

A distância recomendada para explodir fogos com segurança é de 30 a 50 metros de pessoas, edificações, fiações elétricas e carros. Crianças nunca devem soltar fogos. Ingestão de bebida alcoólica e fogos não combinam e nunca se deve colocar o artefato em bolsos de roupas. Além disso, os fogos nunca devem ser acionados em ambientes fechados.

O primeiro passo é observar a origem dos fogos adquiridos e não usar materiais de fabricação caseira, assim como não comprar fogos clandestinos que, na maioria das vezes, não são testados e são vendidos de forma avulsa, não fornecendo as orientações do fabricante na embalagem.

No momento da compra é importante ler atentamente o rótulo de segurança e a data de validade. Vale lembrar que é sempre importante seguir as dicas do fabricante e pedir orientações de como proceder na utilização dos artefatos.

Se possível, comprar artefatos que venham com a base para encaixar no suporte dos fogos de artifício, pois assim é possível colocá-lo no chão sem ter que segurá-los com as mãos.

É muito importante saber que se os fogos não estourarem, as pessoas não devem tentar reaproveitá-los. Os artefatos podem falhar temporariamente e, se isso ocorrer, considere-o ativo, molhe-o para apagar o pavio e retorne ao local da compra para descartá-lo.

Sobre o armazenamento, se os produtos forem guardados em casa, devem ser mantidos em um local seco e longe de fogões, isqueiros e do acesso a fumantes.

Primeiros Socorros

 

Primeiros-socorros

A Defesa Civil ainda orienta sobre os primeiros socorros em caso de acidentes com manipulação de fogos de artifício. Primeiro, é preciso cobrir a queimadura com um pano limpo e umedecido em água filtrada ou soro fisiológico.

Não tente retirar as roupas grudadas nos ferimentos, nem os fragmentos de objetos que podem estar grudados na pele da vítima.

Também não se deve usar “receitas milagrosas”, como óleos, pomadas, pó de café, manteiga ou pasta de dente, porque esses produtos aumentam as chances de infecção no local machucado.

Em caso de acidentes graves, acionar o Corpo de Bombeiros no telefone 193 ou o Serviço de Urgência – SAMU no telefone 192.

Voltar

Acesso Rápido

Siga-nos no Facebook

Links Úteis